CPF - O que é e o que significa

Saiba o que significa a sigla CPF e como ele funciona.

A sigla CPF significa Cadastro de Pessoa Física e é um documento de identificação emitido pela Receita Federal Brasileira. Ele possui um número único para cada cidadão brasileiro com 11 dígitos. O documento, assim como o RG, é indispensável para realizar diversos serviços.

Você pode fazer o CPF em agências dos Correios, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal pagando uma taxa de R$ 7,00. No site da Receita Federal, a numeração pode ser tirada gratuitamente, desde que a pessoa tenha menos de 25 anos e possua Título de Eleitor.

O documento é solicitado em abertura de contas, matrículas escolares, cadastro para compras e em outros processos, públicos ou privados. Assim como acontece com o nome negativado, o CPF também pode ficar sujo se houver alguma pendência com o SPC ou Serasa.

A inscrição do CPF era anexada em um cartão da cor azul até alguns anos atrás. Hoje, o número pode ser consultado na internet, impresso e plastificado. Outra opção ainda mais fácil é colocá-lo no RG, junto com as outras informações cadastrais básicas.

Para anexar a numeração, basta ir a um dos postos do Poupatempo, Rio Poupatempo, Faça Fácil, Na Hora, Vapt Vupt e Tudo Fácil, além dos centros de identificação da Polícia Civil e solicitar uma nova via do RG com o CPF.  A Receita Federal também disponibiliza em seu site e no aplicativo para celular a carteira digital com a numeração do Cadastro de Pessoa Física.

CPF: o que isso muda na minha vida

O CPF é um documento obrigatório que pode ser emitido pela Receita Federal para todo brasileiro após o nascimento, seja ele residente ou não no país. O mais indicado é que o cidadão tire a documentação depois de completar 16 anos, porém, a Receita Federal agora permite a solicitação do cadastro junto com a certidão de nascimento. A numeração do CPF não muda mesmo em caso de perda e necessidade de uma nova via.



Ele serve para comprovar que a pessoa contribui com a Receita Federal ou é dependente de alguém que contribui. Não é obrigatório o porte do CPF, porém, ele é necessário em algumas situações. Para as instituições bancárias, por exemplo, o nome e CPF tem o mesmo caráter de garantia, até porque suas dívidas ficam atreladas à numeração do documento. Por isso, antes do banco liberar um empréstimo ou financiamento, a aprovação fica sujeita a uma avaliação.

Também existem programas para verificar a situação do documento no SPC e Serasa direto na internet ou com uso do smartphone. A consulta é feita pelos aplicativos, direto com os dados cadastrados nas instituições. Saiba como consultar no Serasa se o seu nome está sujo.

Veja também!


Precisando de dinheiro?
Solicite empréstimo pessoal online no ibi Digital.