Clonagem do cartão de crédito – O que é e o que significa - Konkero

Clonagem do cartão de crédito - O que é e o que significa

Entenda o que é a clonagem do cartão de crédito e o que fazer caso aconteça com você.

clonagem do cartão de crédito acontece quando todos os dados presentes no seu cartão são transferidos para um outro cartão, facilitando a realização de compras que não foram feitas por você, mas que utilizam o seu nome e outras informações referentes à sua conta. Trata-se do meio de fraude mais comum no Brasil, de acordo com o SPC (Serviço de Proteção ao Crédito).

Apesar da maioria dos brasileiros possuírem cartões de crédito com chip, o que evita e reduz consideravelmente o índice de fraudes, principalmente a clonagem, por impedir a cópia dos dados para outro cartão, este tipo de golpe vem crescendo principalmente no ambiente virtual. Atualmente, com o amplo desenvolvimento do e-commerce e de aplicativos que utilizam os dados de pagamento do consumidor, o fraudador não tem mais a necessidade de ter o cartão físico em mãos, mas apenas os dados do cartão, como número, nome que está no cartão, data de validade e código de segurança.

Entre alguns métodos pelos quais a fraude pode acontecer, estão links maliciosos espalhados nas redes sociais, e-mails e até mesmo maquininhas de cartão que utilizam redes Wi-Fi. Após o roubo dos dados, os criminosos podem fazer compras em valores pequenos, que não chamem tanto a atenção da vítima, para testar a validade e limite do cartão, e depois, passam a gastar mais.

Clonagem do cartão de crédito: o que isso muda na minha vida

A clonagem de cartão de crédito traz apenas malefícios ao consumidor, que pode ter seu nome negativado pela falta de pagamento de compras não reconhecidas, e pela perda de tempo tentando solucionar o problema, que envolve questões policiais e outras burocracias com a fornecedora do cartão de crédito.

Na maioria dos casos, o cliente e dono do cartão só percebe que o seu cartão foi clonado quando o seu limite estoura ou quando consulta a fatura, onde há o detalhamento de compras que não foram realizadas por ele.

Para resolver esse problema, o primeiro passo é pedir o bloqueio ou cancelamento do seu cartão de crédito para que a pessoa que possui os seus dados não consiga mais efetuar transações usando o seu nome. Em seguida, você precisará ir até uma delegacia para fazer um Boletim de Ocorrência e, com o B.O em mãos, entrar em contato com a central de atendimento do cartão para verificar o processo necessário para resolver a situação e pedir o estorno dos valores de compras que você não reconhece.

O prazo pode demorar até o fechamento da próxima fatura. Mas lembre-se: é necessário pagar a fatura referente aos valores gastos por você para que não sejam cobrados juros. Deixe em aberto apenas os valores de compras não realizadas por você, para que o banco ou administradora do cartão possa fazer o estorno.

Para evitar que seu cartão seja clonado, alguns cuidados são necessários, como comprar em estabelecimentos e sites confiáveis, sempre desconfiar de preços muito baixos, evitar redes de Wi-Fi abertas e não clicar em links enviados por e-mail ou redes sociais, além de sempre guardar muito bem seu cartão, evitando que outras pessoas tenham acesso a ele.

Veja também!