Cirurgia de catarata é feita pelo SUS

O Sistema Único de Saúde (SUS) realiza operações de catarata gratuitamente

A catarata é uma doença que afeta principalmente os idosos e tem como característica fazer a visão embaçar aos poucos.

Entre os sintomas mais comuns estão a visão ruim à noite, os olhos sensíveis à luz e a visão escurecida. Isso acontece porque o cristalino, a camada que envolve os olhos de todas as pessoas, começa a engrossar, dificultando a visão.

Nos casos mais avançados, os olhos ficam na cor branco-azulada. O maior risco, no entanto, é a cegueira, que pode acontecer quando o tratamento não é feito.

Não existe prevenção para a catarata, mas nos casos avançados dá para fazer a cirurgia pelo SUS – que cobre todas as despesas do tratamento.

Como é feita a cirurgia de catarata

O procedimento não costuma durar mais do que meia hora. O médico usa um ultrassom para tirar a camada que dificulta a visão. Depois, ele coloca uma lente fixa no olho do paciente que vai ajudá-lo a enxergar após a cirurgia. Não é necessário ficar internado e a recuperação acontece em uma semana.

Saiba que quanto mais grossa for camada que será retirada dos olhos, mais difícil será a cirurgia. Por isso é importante procurar o tratamento no SUS assim que perceber sinais da doença.

Saiba mais sobre a cirurgia de catarata



Marque o procedimento no SUS

Para saber como diagnosticar ou marcar uma cirurgia, clique aqui.

Não existem restrições em relação à idade ou gravidade do caso. O médico vai analisar e definir se a cirurgia será necessária ou não.

Veja também!




comentários