Cheque sustado - O que é e o que significa

Entenda o que é o cheque sustado e tire suas dúvidas sobre esse documento!

Por-que-cruzar-o-cheque

O que é cheque

Além do dinheiro e dos cartões de débito e crédito, o cheque também é usado como uma forma de garantia e pagamento. Trata-se de um bloco chamado talão que possui folhas para serem preenchidas com o valor desejado para fazer pagamentos e depósitos. Ainda é usado por algumas instituições bancárias e possui algumas regras para o preenchimento da folha. Saiba como preencher um cheque clicando aqui.

É fundamental ter uma noção da situação financeira para efetuar pagamentos com os cheques e não sair colocando valores sem pensar. Ele possui dias certos para compensação e limites de saídas. Assim como outras formas de pagamentos, os cuidados com o cheque são necessários para evitar o saldo negativo.

O que é cheque sustado

Sustar um cheque é uma forma de tirar a validade do documento emitido como forma de pagamento. Essa prática pode e deve ser feita em caso de roubo ou furto das folhas ou do talão de cheques – preenchidas ou não – para que não dê prejuízos financeiros no futuro.

Também pode ocorrer quando há suspeita de fraude, desacordo comercial e oposição ao pagamento, por exemplo. Diferente do cheque caução que tem um valor de garantia, o sustado funciona como a anulação de um pagamento ou depósito. Saiba mais sobre o cheque caução.

Antes de sustar um cheque, o ideal é comunicar as partes envolvidas para que não ocorra uma cobrança indevida e o seu nome seja negativado. A sustação de um cheque pode ser feita pelo cliente por telefone, agência bancária, internet banking ou terminais de autoatendimento do seu banco.

Cheque sustado: o que isso muda na minha vida

O banco não pode julgar ou impedir a sustação do cheque em hipótese alguma, mas nada impede que a instituição cobre pelo procedimento de sustação. Além disso, é preciso ter certeza de que o motivo pelo qual você deseja sustar o cheque é realmente considerável porque, em caso de sustação indevida, o credor tem a possibilidade de recorrer, protestando o seu cheque.

Dessa forma, caso não existam provas que declarem que a sustação foi feita por um bom motivo, você pode ter o nome encaminhado ao CCF – Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos e a outros órgãos como o SPC e o Serasa.

Se porventura houver algum roubo ou furto dos cheques, o mais indicado é registrar um boletim de ocorrência antes de efetuar a sustação com a agência bancária.  Após efetuar o cancelamento, o banco pode enviar um novo talão para o cliente assim que a situação for normalizada. A cobrança de taxas para a sustação dos cheques e de um novo talão de cheques pode ser feita pelo banco.



Veja também!

 


Precisando de dinheiro?
Solicite empréstimo pessoal online no ibi Digital.