Avalista – o que é e o que significa - Konkero

Avalista - o que é e o que significa

Descubra agora o que é um avalista e o que isso muda na sua vida.

As instituições financeiras possuem diversas formas de fornecer crédito para os clientes interessados. Muitas vezes dar uma garantia referente ao pagamento facilita a liberação do dinheiro mais rápido, além de garantir condições mais atrativas. O avalista pode ser uma solução para agilizar a liberação do valor solicitado.

Avalista é aquele que aceita ser responsável pelo pagamento das parcelas de um financiamento ou empréstimo feito por outra pessoa. Para as empresas que cedem crédito, o avalista é a segurança de que a dívida será paga.

É importante saber que, se o responsável pela dívida não pagar o que deve, a empresa cobrará do avalista o valor do empréstimo. Para se tornar um avalista é necessário não estar com nenhuma pendência cadastral. O acordo é feito através de um documento chamado ‘aval’ que garante que o avalista a assumirá a dívida, caso o tomador do crédito se torne inadimplente. Depois que o avalista quita esse débito, o avalizado deve pagar o valor total do empréstimo ou financiamento para ele.

Avalista: o que isso muda na minha vida

Se você aceitar ser avalista de alguém e a pessoa não pagar a dívida, isso se torna um compromisso seu com a instituição financeira. Entenda que ao fazer isso você está criando um vínculo com uma dívida que não é sua. É fundamental essa segunda pessoa ser de confiança e ter condições para pagar, porque se não houver pagamentos, você irá arcar com a dívida.

Se isso acontecer, uma das possibilidades de resolução da situação é através de uma ação judicial. Existem formas na justiça de encaminhar a dívida para o devedor de fato. O que pode inviabilizar a ação é o fato de o devedor principal não ter recursos para o pagamento e ocasionar no arquivamento do processo.

Também vale ressaltar que o avalista fica apenas com o valor total da dívida. Taxas de juros não estão no valor que o avalista irá pagar. Diferente de um fiador, por exemplo, que em caso de não pagamento pelo tomador do crédito, deve pagar o valor total do empréstimo, incluindo taxas de juros.



Outra diferença entre o avalista e o fiador são as penhoras. O avalista não pode penhorar um bem de família para pagar a dívida. Já o fiador, pode colocar patrimônios familiares como garantia.

Veja também:
Guia de palavras – Crédito
Guia de palavras – Konkero


Compartilhe