Arrendamento - o que é e o que significa

Descubra o que significa arrendamento e o que isso muda na sua vida.

Arrendamento é uma espécie de aluguel. O comprador paga um valor mensal à empresa que possui o bem no nome dela e fica responsável por todos os custos. Diferente do aluguel normal, no fim do contrato o usuário pode comprar o bem que foi inicialmente alugado.

Um automóvel, por exemplo, pode ser arrendado no modelo leasing. No período de locação, a pessoa que arrendou fica responsável pelos custos e documentação do carro. Quando o contrato chega ao fim, o carro pode ser comprado e o valor que já foi pago é abatido da dívida posterior.

O contrato de arrendamento possui dois participantes: o arrendatário – que irá usar o produto firmado em contrato -, e o arrendador – este último cede o objeto combinado para o arrendatário.

O arrendamento pode ser feito com automóveis, pontos comerciais e campos agrários. O modelo é o mesmo: as mensalidades do aluguel são pagas e depois a compra do objeto pode ser realizada. Conheça a seguir algumas modalidades de arrendamento disponíveis no mercado.

Tipos de Arrendamento

1. Arrendamento urbano

Este é utilizado para conceder um imóvel ou parte dele para uso do arrendatário no meio urbano. Geralmente acontece com apartamentos e andares de prédios.

2. Arrendamento comercial

Pontos comerciais também podem ser arrendados. O proprietário atual deve arcar com o custo do lugar e receber o lucro do serviço mediante o contrato.

3. Arrendamento Rural

O contrato agrário deve estar de acordo com as normas exigidas pela legislação brasileira. Esse modelo pode contemplar equipamentos para a colheita e também a superfície para a produção agrícola.

4. Arrendamento Royalty

Essa modalidade é muito utilizada em patentes. O inventor repassa os direitos para o arrendatário por um tempo determinado em contrato. Nesse período cabe a ele emplacar o objeto ou serviço e lucrar com ele.

5. Arrendamento Mercantil – Leasing

Os carros são os mais utilizados nesse modelo. O arrendador cede o automóvel para o arrendatário por um período predeterminado. Como foi citado anteriormente, após o fim desse tempo, o arrendatário pode comprar o carro. Podem ser feitos dois acordos: o leasing financeiro e operacional.

Enquanto o financeiro pode esticar o prazo em até cinco anos, o operacional não pode passar de 75% da vida útil do automóvel nesse caso.

Arrendamento: o que isso muda na minha vida

Arrendamento mercantil é a modalidade de cobrança do leasing. Se você for comprar um veículo desta forma, vale saber que os juros costumam ser menores. Por outro lado, se você deixar de pagar a dívida, o processo de apreensão do carro é rápido, porque a documentação está no nome da empresa.



É fundamental estudar se você terá condições de arcar com as despesas do bem após o término do arrendamento.

Veja também:

Guia de palavras – Leasing
Guia de palavras – Konkero


Precisando de dinheiro?
Solicite empréstimo pessoal online no ibi Digital.