5 cirurgias que você pode fazer pelo SUS e não sabia - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

5 cirurgias que você pode fazer pelo SUS e não sabia

Redu√ß√£o de est√īmago, catarata e vasectomia s√£o algumas das cirurgias que voc√™ pode fazer de gra√ßa pelo Sistema √önico de Sa√ļde

Transplantes, cirurgias contra o c√Ęncer e curetagem ap√≥s um aborto s√£o alguns dos procedimentos mais procurados no Sistema √önico de Sa√ļde (SUS).

Isso quer dizer que muita gente sabe que pode solicitar essas cirurgias gratuitamente, se precisar. No entanto, √© necess√°rio que o paciente realize um acompanhamento na rede p√ļblica de atendimento e tenha paci√™ncia pois a libera√ß√£o de alguns procedimentos podem levar meses.

Existem outros tipos de opera√ß√Ķes menos conhecidas e que tamb√©m t√™m acesso gratuito garantido pelo governo. Confira abaixo mais informa√ß√Ķes para entender sobre as cirurgias na rede p√ļblica.

Cirurgia de redu√ß√£o de est√īmago (bari√°trica) no SUS

A cirurgia bari√°trica √© um procedimento que ajuda pessoas que possuem obesidade grave, m√≥rbida ou outros dist√ļrbios associados ao excesso de gordura corporal. Antes da cirurgia, √© fundamental que o paciente realize o acompanhamento m√©dico, fa√ßa os exames necess√°rios e siga a rotina para que a recupera√ß√£o da¬†bari√°trica seja tranquila. Veja mais detalhes em¬†como fazer¬†cirurgia gratuita de redu√ß√£o de est√īmago (bari√°trica).

Cirurgia de laqueadura e vasectomia no SUS

A laqueadura é um procedimento médico destinado às pacientes que não querem ter filhos. Na cirurgia, o médico faz a ligadura ou corte das tubas uterinas, impedindo que óvulo e os espermatozoides se encontrem. O procedimento de vasectomia é destinado aos homens e consiste no fechamento dos canais diferentes, impedindo a produção de espermatozoides pelo sistema de reprodução. Veja mais detalhes em como fazer cirurgia gratuita de laqueadura e vasectomia.

Cirurgia de catarata no SUS

A catarata √© uma doen√ßa oftalmol√≥gica que consiste na opacidade do cristalino, a lente natural dos olhos, respons√°vel pela chegada de luz na retina e forma√ß√£o da imagem. Ela atinge mais o p√ļblico idoso e provoca pequenas irrita√ß√Ķes nos olhos e limita√ß√£o do campo de vis√£o. Veja mais detalhes em¬†como fazer¬†cirurgia gratuita de catarata.

Cirurgia de hiperidrose no SUS (suor excessivo)

Algumas pessoas desenvolvem o dist√ļrbio de suor excessivo em uma ou diferentes partes do corpo e n√£o h√° uma liga√ß√£o direta com ansiedade ou calor. A doen√ßa tem tratamento na rede particular e p√ļblica. Veja mais detalhes em¬†como fazer¬†cirurgia gratuita de hiperidrose (suor excessivo).

Cirurgia plástica reparadora no SUS

A cirurgia pl√°stica reparadora √© feita tanto em pacientes com alguma recorr√™ncia como em acidentes graves que causam les√Ķes nas v√≠timas. Veja mais detalhes em¬†como fazer¬†cirurgia gratuita de pl√°sticas reparadoras.

Como solicitar uma cirurgia no SUS

Quando voc√™ √© diagnosticado com alguma doen√ßa e precisa de cirurgia, tanto o m√©dico do seu plano de sa√ļde quanto um da rede p√ļblica podem encaminhar o pedido ao SUS. Para que essa solicita√ß√£o seja aprovada, o seu caso deve se encaixar nas regras de cada tipo de opera√ß√£o. Se der tudo certo, voc√™ entrar√° em uma fila de espera e ser√° encaminhado a um hospital p√ļblico.

Fique ligado: se os hospitais da sua cidade n√£o oferecem a cirurgia que voc√™ precisa, a prefeitura deve encaminhar o seu caso para a cidade mais pr√≥xima que fa√ßa tal procedimento. √Č o seu direito.

Como conseguir atendimento particular

O atendimento do SUS varia muito de cidade para cidade e nem todos os tipos de cirurgia s√£o cobertos. Por isso, muitas pessoas tem optado procurar atendimento particular. Nesse caso existem duas op√ß√Ķes: fazer um empr√©stimo ou fazer um cons√≥rcio de cirurgia pl√°stica.

No caso do empr√©stimo existem v√°rias linhas de cr√©dito poss√≠veis. √Č poss√≠vel pegar um empr√©stimo pessoal no banco que voc√™ tem conta – mas os juros costumam ser altos.

Já no consórcio, a pessoa paga parcelas mensais e, quando contemplada, recebe uma carta de crédito para pagar a cirurgia numa clínica ou hospital particular. O interessante é que a pessoa pode escolher qualquer clínica que esteja dentro do valor.

Veja também!