Negociar dívida na Marisa: como conseguir

É possível negociar as dívidas com cartão e empréstimo pela internet ou por telefone. Veja como!

Negociar dívida na Marisa: como conseguir

Se você fez compras na Marisa e acabou se endividando, é fundamental que você negocie esse débito o quanto antes, para que ele não cresça ainda mais. É possível fazer essa renegociação pela internet ou pelo telefone. Confira!

Como negociar dívidas na Marisa

Assim como inúmeros comércios, a Marisa oferece cartões de crédito para seus clientes usarem na compra de produtos, e também disponibiliza empréstimos pessoais através da financeira Sax. Veja os canais para negociar dívidas com estes produtos.

Cartão de crédito

O cartão de crédito das lojas Marisa está disponível em duas versões: o Cartão Marisa e o Cartão Itaucard Marisa com bandeira Mastercard.

Para negociar dívidas no Cartão Itaucard Marisa, o usuário deve acessar a página de renegociações no site do Itaú, clicando em “Serviços”. O cliente deve colocar o CPF e localizar o contrato que deseja negociar. Após selecionar os débitos que deseja regularizar, basta confirmar o acordo e gerar os boletos para pagamento.

Já para negociar dívidas com o cartão Marisa, é necessário entrar em contato com a loja pela central de atendimento. Ligue para (11) 4004 2211 (de capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 728 1122 (de demais localidades) e informe a sua situação. O horário de funcionamento da central é de segunda à sábado, das 8h às 22h, e nos domingos e feriados, das 12h às 20h.

Empréstimo pessoal

A financeira Sax é a responsável pelos empréstimos pessoais feitos nas lojas Marisa. O cliente pode pegar até R$ 5 mil e pagar em até 15 parcelas no carnê. Quem atrasou ou não pagou as mensalidades do empréstimo pessoal pode entrar em contato pelo (11) 4004-2211 ou no 0800-728-1122 e negociar os valores em aberto.

O passo a passo para negociar suas dívidas

Antes de fazer o primeiro contato com a loja onde você possui dívidas para fazer uma negociação, reúna todos os valores em aberto e some tudo para ver o valor total das suas dívidas.

Após fazer o cálculo total do que você deve, avalie quanto você poderá pagar por mês na negociação. Essa etapa é essencial, uma vez que ela evita que você se endivide novamente. E lembre-se: enquanto você não tiver quitado todos os valores em aberto é fundamental apertar o cinto e evitar fazer grandes gastos.

Quando você estiver fechando um acordo com a loja ou a administradora do cartão, não aceite parcelas que são maiores do que as que você realmente pode pagar, para não criar uma nova dívida. Além disso, evite atrasar os pagamentos. Caso tenha algum imprevisto e precise usar o valor destinado à negociação, não deixe de avisar a empresa.

Você também pode refinanciar o seu automóvel, dependendo do tamanho da dívida. Porém, é importante lembrar que, caso o valor não seja quitado, o banco ou a instituição financeira pode pegar o carro, já que ele foi concedido como garantia para o empréstimo destinado ao valor da negociação.

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Leandro Oliveira: formado em Jornalismo pela Universidade Santo Amaro. Trabalha com produção de conteúdo há 2 anos, diretamente com pautas sobre finanças pessoais e produtos financeiros. Iniciou sua carreira como estagiário em produção de conteúdo na Konkero e, hoje, ocupa a função de Assistente na criação e atualização de pautas e matérias.

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 FinanZero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL