13 ideias para ganhar um dinheiro extra

Você pode vender usados, dar aulas, ou até fabricar marmitas ou doces. Veja mais ideias para conseguir fazer uma renda extra.

13 ideias para ganhar um dinheiro extra

Para ganhar dinheiro extra e aumentar a sua renda, você pode colocar em prática algumas destas 13 ideias:

Muitas pessoas ainda acham que precisam ser doutoras no quesito vendas para abrir o próprio negócio, mas não é bem assim. Não é preciso ser especialista ou ter uma graduação para aumentar a sua renda.

Se você souber aproveitar suas habilidades e divulgar bem o seu trabalho, dará um passo importante para conquistar o que tanto deseja. É fundamental ter conhecimentos básicos, sem dúvidas. Porém, com essas situações, é possível aprender e moldar o seu negócio. Confira ideias simples de colocar em prática e ganhe mais dinheiro!

13 maneiras de ganhar um dinheiro extra

1. Venda coisas que você não usa mais e consiga uma grana extra

Colocar objetos para vender pela internet é uma boa alternativa. Afinal, sempre dá para encontrar aquela roupa, móvel ou eletrodoméstico que está em bom estado, mas que ninguém usa há muito tempo.

Como fazer: No caso de roupas e acessórios, o site Enjoei pode ajudá-lo a fechar a venda. Nele, você precisa fazer um cadastro e enviar até oito fotos do produto, além de uma descrição. Se a peça for vendida, você paga uma comissão que varia entre 18,5% e 20%, a depender do preço do que foi vendido, e uma taxa pelo anúncio, que varia entre R$ 1,90 a R$ 13, a depender também do preço do produto vendido. O restante vai para a sua conta. Mas se ninguém comprar sua oferta, você não gasta nada por isso.

2. Já pensou em vender aulas ou cursos que você pode dar?

Oferecer aulas de reforço para alunos na sua vizinhança é outra ideia de bico – e você poderia ensinar português, matemática, inglês ou qualquer outro assunto que conheça bem. Você ainda pode conseguir alunos mais distantes se cadastrando em plataformas como a Preply e o Eduqi.

Como fazer: Se quiser dar aulas particulares de inglês, você pode turbinar o que sabe com sites gratuitos de idiomas. Eles são ótimos para você lembrar os pontos básicos da língua e ter ideias de exercícios. Duas boas opções para você estudar são o Livemocha e o Busuu.

3. Que tal vender marmitas, doces e o que a sua imaginação mandar?

Alguns escritórios ou empresas estão em áreas onde a alimentação custa caro. Ao encontrar essas regiões, você pode começar a oferecer o serviço de marmita para grandes grupos – o que permite que você cobre menos por produzir uma quantidade maior. Outra ideia é vender docinhos e cupcakes para festas de amigos e vizinhos, colocando em prática suas habilidades na cozinha. Veja dicas de uma confeiteira que se deu bem vendendo cupcakes.

Como fazer: No caso da entrega de marmitas, peça autorização da empresa para divulgar seu serviço no local. E tenha muita atenção no prazo de validade dos alimentos e nas condições de armazenamento quando for levar a comida para os clientes. Agora, se pretende trabalhar com encomendas para festas, que tal começar dentro da família? Quem gostar vai repassar seus contatos para outros conhecidos.

4. Seja motorista de aplicativo nas horas livres ou aos finais de semana

Se você tem carteira de habilitação e um carro, você pode se cadastrar em um aplicativo de transporte, como o Uber e a 99, e ser motorista nos momentos livres ou aos finais de semana. Tenha certeza que a documentação do seu veículo está em dia, e seja um bom motorista. Assim, você consegue melhores avaliações e pode ganhar gorjetas de seus passageiros. O bom desses aplicativos é que você pode escolher a corrida que fará. Portanto, você pode tanto aceitar uma corrida, como recusar. Outro benefício é que você faz o seu horário, sem cobranças.

5. Ganhe dinheiro com seus conhecimentos com o computador

Saber usar a internet pode parecer fácil, mas muita gente ainda está aprendendo e precisa de ajuda para digitalizar documentos, formatar o computador, instalar programas, etc.

Como fazer: O principal é ter uma boa divulgação. Faça anúncios e coloque-os no mural de prédios, distribua folhetos pela vizinhança, entregue cartões especificando seus serviços e telefone para contato. Avise também os amigos, principalmente aqueles que você sabe que precisam de ajuda com isso.

6. Venda as milhas do cartão

Se você tem cartão de crédito e já acumulou milhagem, mas não pretende trocá-las por nenhum benefício, que tal vender as milhas para quem precisa de passagem aérea?

Como fazer: Você pode vender suas milhas na própria empresa aérea ou em sites especializados nesse mercado. Uma opção é a empresa Maxmilhas, criada em 2013, permite a compra e a venda de milhas pela seu site. Vale a pena consultar as regras antes de usar o portal, pois você precisa cumprir alguns prazos para fechar a venda das milhas e receber o seu dinheiro.

7. Se torne revendedora

Para se tornar uma revendedora, o processo geralmente é comum entre as empresas. Você se cadastra e aguarda o retorno de um representante da marca. Os lucros podem chegar a 30% das vendas.  Confira aqui como ser revendedora em quatro grandes empresas de cosméticos. O interessante é que você pode conciliar essa atividade com outras para fazer uma renda extra.

8. Customize roupas para vender

Camisetas personalizadas e cheias de estilo, por exemplo, podem chamar a atenção de muita gente. Você gasta em peças básicas, mas vende um produto customizado e com preço um pouco maior do que a roupa que comprou. E as técnicas são muitas: recortar, aplicar brilho e lantejoula, tingir o tecido e por aí vai.

Como fazer: Diversos vídeos no YouTube e postagens em blogs de moda ensinam estas técnicas. Você só precisa pesquisar qual estilo quer produzir e selecionar as técnicas com o menor custo de produção. Uma dica: antes comprar peças novas e sem estampa, pergunte na vizinhança se alguém gostaria de reformar algo que não usa mais. Ofereça seu serviço e comece a conquistar os clientes do seu negócio.

9. Seja a melhor animadora de festas!

Muitas empresas que organizam festas infantis buscam animadores que divertem as crianças. Você pode explorar esse mercado ou procurar pais que farão uma festa dentro de casa.

Como fazer: Não é necessário ter uma formação específica para animar festas, mas para trazer um diferencial ao seu trabalho, que tal aprender atividades diferentes? Truques de mágica e cursos gratuitos de escultura em balões são oferecidos na internet. O site Aprendi, por exemplo, traz explicações para você conseguir montar esculturas em balões.

10. Use seu carro como propaganda de marca

Você já viu algum veículo coberto com logo de empresas? Pois saiba que o dono do carro está recebendo uma grana por isso. Existem marcas que pagam para cobrir os veículos com publicidade da empresa – e você pode aproveitar essa chance para ganhar uma grana extra.

Como fazer: Você pode fazer um cadastro no site da Momidia para a empresa entrar em contato e informar em qual campanha você entrou. Então, basta ir até o local indicado e instalar a arte no veículo. O carro permanece personalizado por um período definido, em que você deve realizar o seu trajeto normalmente. Ao final da campanha, o adesivo é retirado e eles realizam o depósito.

11. Alugue objetos

Você ainda pode alugar alguns objetos que você tem e que não usa muito. O aluguel pode ser de qualquer tipo de objeto, desde impressoras a mesas e cadeiras de plástico para confraternizações. Itens para festas, como objetos de decoração, são coisas muito procuradas. Se você comprou para usar uma vez e acabou nunca mais usando, você pode alugar e fazer disso um meio de ganhar uma renda extra.

12. Revenda semijoias

Uma outra opção para conseguir um dinheiro extra é a revenda de produtos, e um dos que tem feito muito sucesso são as semijoias. Algumas empresas possibilitam a compra desses produtos para revenda e, geralmente, oferecem descontos para quem deseja se tornar revendedora. Neste caso, diferente da revenda feita por catálogos, as semijoias precisam ser compradas no atacado para que possam ser repassadas aos consumidores. A vantagem deste tipo de negócio é que você pode revender os produtos pelo preço que quiser, sem a preocupação de respeitar os valores disponíveis nos catálogos.

13. Seja freelancer

Ser um trabalhador freelancer pode ser uma ótima ideia de ganhar dinheiro fazendo o que você já sabe fazer, ou o que você mais gosta de fazer no seu tempo livre. Há plataformas na internet nas quais você pode se cadastrar e encontrar pessoas que estejam precisando dos mais variados serviços, desde redatores e designers, até trabalhos mais manuais. Alguns sites recomendados são o GetNinjas, 99Freelas e o Workana. Ou, ainda, você oferecer seus serviços por R$ 20 no VinteConto.

Veja também!





Solicite seu empréstimo

Guilherme Prado: graduado e mestre em administração de empresas pela EAESP-FGV. Empreendedor há 21 anos, escreve sobre finanças pessoais há 8 anos.


Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL