Ônibus de graça: Bilhete Único de Desempregado

Veja como funciona o bilhete único de desempregado, uma medida da SPTrans para os cidadãos que estão fora do mercado de trabalho.

Onibus
Fonte: divulgação Prefeitura

Em 2016, a SPTrans, empresa responsável pela circulação de ônibus na cidade de São Paulo, estabeleceu o Bilhete Único Especial para Trabalhador Desempregado. Com ele, cidadãos desempregados têm passe livre nos ônibus da cidade por até 90 dias.

O benefício, que já era válido para estudantes de baixa renda, participantes do ProUni e do Fies, se estendeu também para esses trabalhadores, que têm facilidade para ir até as entrevistas de emprego.

Atenção! Infelizmente, em 2020 o benefício já não é mais válido. Porém, ainda dá para aproveitar o Bilhete do Desempregado da CTPM, que pode ser usados em trens e metrôs. Clique aqui para saber mais sobre ele!

Entenda mais sobre o passe livre para desempregados e saiba como você pode solicitar o benefício.

Como funciona o Bilhete Único para Desempregados

Você pode solicitar o benefício até três meses depois de ter recebido sua última parcela do seguro. O Bilhete tem validade de 90 dias, com ele você tem 12 cotas diárias por mês e cada cota dá o direito de embarcar 8 vezes.

O benefício é voltado para desempregados que já tenham recebido todas as parcelas do Seguro-Desemprego. A iniciativa partiu dos vereadores Mário Covas Neto (PSDB) e Toninho Vespoli (PSOL), com base no bilhete de metrô gratuito para desempregados que há anos funciona muito bem na cidade.

Como fazer o Bilhete Único de Desempregado

Para fazer o Bilhete Único de Desempregado você precisa ter um Bilhete Único cadastrado em seu nome. Quem ainda não tem o cadastro deve solicitar pela internet (veja aqui) e escolher o posto onde quer retirar o cartão.

Depois, você deve acessar a opção “Benefício Desempregado” no menu do site da SPTrans e informar o número do seu PIS/PASEP, o número do seguro-desemprego, a data da rescisão, a data da disponibilidade da última parcela do seguro, e ainda os números da Carteira Profissional e do CNPJ da empresa em que trabalhava.

Outra vantagem é que trabalhadores empregados por Pessoas Físicas também podem solicitar o benefício, basta informar o número do CPF do empregador no lugar do CNPJ.

Depois de feita a solicitação, se os dados estiverem corretos e você tiver mesmo direito ao Bilhete Único de Desempregado o sistema informará como fazer o próximo passo que é enviar em cópias autenticadas os documentos que listaremos abaixo.

As cotas serão disponibilizadas nos cartões entre 15 e 20 dias, a partir da data de postagem dos documentos comprobatórios e para ativas as cotas é só levar o cartão a um equipamento de recarga.

Documentos necessários

Depois que você tiver se cadastrado e solicitado o benefício do Bilhete Único de Desempregado a SPTrans pedirá para você encaminhar cópias autenticadas dos documentos:

Quem pode solicitar o benefício

Veja também!





Solicite seu empréstimo

Guilherme Prado: graduado e mestre em administração de empresas pela EAESP-FGV. Empreendedor há 21 anos, escreve sobre finanças pessoais há 8 anos.


Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 Konkero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL