O que saber antes de fazer o refinanciamento do seu carro

Está pensando em utilizar seu veículo como garantia de um empréstimo? Confira o que você precisa saber antes de fazer o refinanciamento do seu carro.

Refinanciar um veículo costuma ser um dos caminhos para quem precisa de dinheiro para ampliar o negócio, reformar a casa ou quitar dívidas caras. Por ter taxas de juros menores do que outros créditos, como o empréstimo pessoal, usar o carro como garantia em um empréstimo parece tentador.

Mas nem todos conseguem a aprovação do refinanciamento. Para começar, é necessário ter um carro quitado no próprio nome e que esteja com a documentação em dia. Você está dentro desse perfil? Então veja abaixo quatro informações importantes que você precisa saber antes de procurar um refinanciamento.

O que você precisa saber antes de refinanciar seu carro

1. Se você deixar de pagar as parcelas pode perder o carro

Ao fazer o refinanciamento do seu carro, ele fica como garantia do empréstimo. Isso quer dizer que o banco tentará tomar o carro se você não pagar a dívida. Nesse processo, o veículo provavelmente será vendido em um leilão para quitar o que você deve. Mas se o valor arrecadado não for igual ao preço de mercado, você continua com uma dívida no banco.

2. O empréstimo pode ser negado

Mesmo que você tenha um carro em seu nome, que já está quitado, ainda não tem a garantia da aprovação do refinanciamento. O banco faz uma análise de crédito para saber se você está negativado e se ainda tem renda sobrando para pagar outro parcelamento. Ou seja, se você estiver com o nome sujo ou se está com muitas dívidas, corre o risco de não conseguir o dinheiro.

Com juros a partir de 1,75% ao mês, o refinanciamento de veículos da Creditas está entre as melhores alternativas do mercado. Solicite a sua proposta clicando aqui.

3. Você não pega emprestado o valor que quiser

O limite do empréstimo varia conforme o banco e a análise de crédito que eles fazem antes da aprovação do refinanciamento. E normalmente o crédito não será maior do que 90% do preço do seu carro (isso levando em conta a tabela Fipe ou a tabela Molicar).

4. Os bancos não costumam refinanciar carros com mais de 10 anos

Se o seu veículo for antigo, provavelmente você não terá a aprovação do empréstimo.

Veja também!

Quer saber mais sobre refinanciamento? Confira como funciona o refinanciamento.




comentários