Empréstimo para Capital de Giro do Banco do Brasil (BB): como fazer

Toda empresa precisa de um capital de giro para se manter funcionando, mas em alguns casos a coisa aperta e você precisa de um empréstimo. Conheça como funciona o capital de giro do Banco do Brasil.

O Banco do Brasil é um grande banco que trabalha com diversas soluções de crédito tanto para pessoas físicas, quanto para jurídicas. Além das formas de crédito mais comuns, ele também oferece o crédito para financiar o capital de giro de sua empresa.

Como funciona o empréstimo para capital de giro do Banco do Brasil (BB)

O capital de giro do Banco do Brasil possui diversas categorias para atender às necessidades de tipos diferentes de empresas. Conheça como elas funcionam.

BB Giro Empresa Flex Liberações Estruturadas

É um credito destinado à empresas que precisam de prazos flexíveis para quitar a dívida, com a possibilidade de escolher o melhor dia para o pagamento. Também tem a vantagem do “Bônus Parcela em Dia”, onde a empresa recebe a cada mês parte dos juros pagos, creditados em sua conta corrente, se cumprir com a data de pagamento do empréstimo.

  • Limite de crédito mínimo de R$ 10 mil;
  • Pagamento em até 48 meses;
  • Carência de até 4 meses para o pagamento da primeira parcela;
  • Proteção do  BB Seguro Crédito Protegido Empresa caso ocorra um imprevisto com algum dos sócios da empresa.

A contratação é feita diretamente na agência do Banco do Brasil e o crédito é liberado para empresas que tenham faturamento bruto anual superior a R$1 milhão.

BB Giro Empresa Flex

Essa linha de crédito foi criada para apoiar a gestão de fluxo de caixa e pode ser utilizada apenas em necessidades financeiras de capital de giro e financiamento de bens e serviços.

  • Pagamento em até 36 parcelas;
  • A empresa escolhe a data do pagamento que melhor se encaixa em seu orçamento: mensal, bimestral ou trimestral.

A contratação é feita diretamente na agência do Banco do Brasil, é obrigatório apresentar a fiança dos sócios da empresa e, o crédito está sujeito à aprovação.

BB Capital de Giro Mix PASEP

É uma linha que oferece crédito fixo para sua empresa adquirir matéria prima, pagar os impostos de fim de ano, financiar o pagamento do 13º salário dos funcionários ou aproveitar oportunidades de negócio. Se a sua empresa pagar em dia as parcelas do empréstimo, inclusive os juros no período de carência, o Banco do Brasil devolve, mensalmente, parte do valor dos juros, creditados em sua conta corrente.

  • Pagamento em até 24 parcelas;
  • Carência de até 3 meses para pagamento da primeira parcela;
  • Escolha do melhor dia para realizar o pagamento da dívida;
  • Valor total do crédito liberado direto na conta corrente da empresa;

A contratação é feita direto na agência do Banco do Brasil, sujeito a aprovação.

BNDES Capital de Giro Progeren

Este crédito é liberado por intermédio do Banco do Brasil, que utiliza fundos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, às empresas que precisam de capital de giro com condições mais interessantes.

  • Limite de crédito mínimo de R$ 20 mil e máximo de R$ 70 milhões;
  • Pagamento em até 60 meses;
  • Carência de 12 meses para a primeira parcela.

A contratação é feita direto na agência do Banco do Brasil e o crédito é destinado a empresas com faturamento anual de até R$300 milhões.

Cheque Ouro Empresarial

É o cheque especial da sua empresa. Após acionado e devidamente liberado, o valor é creditado direto em conta corrente, para ser utilizado de forma imediata conforme as necessidades da empresa.

  • Escolha do melhor dia para o pagamento dos juros sobre o valor do limite utilizado;
  • Renovação automática do contrato realizado anualmente;
  • IOF cobrado no primeiro dia útil após a utilização do limite do cheque especial.

A contratação é feita direto na agência e o valor mínimo para contrato é de R$ 1 mil.

Microcrédito Produtivo Orientado

Este tipo de crédito garante à empresa que precisa de capital de giro, além do valor solicitado, uma orientação de aplicação do dinheiro e acompanhamento no próprio local da empresa. Assim, é garantido um desenvolvimento maior durante todo o período de aplicação do investimento.

  • Valor do empréstimo e prazo para pagamento definidos após a visita à empresa;
  • Prazo para pagamento de empréstimo para capital de giro de 4 a 12 meses e, para investimento, prazo de 4 a 18 meses.

A contratação é feita direto na agência e para solicitá-lo é preciso de microempreendedor individual (MEI), com faturamento anual de até R$ 60 mil, ou microempresa com faturamento de até R$120 mil. Também é preciso apresentar garantia pessoal de terceiros, que pode ser dispensada em alguns casos, e ser correntista do banco

Proger Urbano Capital de Giro

Com recursos liberados a partir do Fundo de Amparo ao Trabalhados – FAT, este empréstimo é ideal para quem quer melhorar a sua empresas contando com taxas atrativas e maior prazo para iniciar o pagamento da dívida.

  • Carência de 6 meses;
  • Prazo de até 24 meses para pagar o empréstimo (contando o meses de carência);

A contratação é feita direto na agência e o valor máximo para contrato é de R$ 200 mil. Para solicitar este empréstimo é preciso ser dono de uma empresa com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões.

Como fazer o empréstimo para capital de giro do Banco do Brasil (BB)

Para conseguir o capital de giro do Banco do Brasil a empresa precisa possuir uma conta lá. Além disso, em algumas modalidades desse crédito eles fazem melhorias nas condições de acordo com o relacionamento que a empresa possui com o banco.

Para fazer a solicitação do crédito é preciso ir até uma agência do Banco do Brasil. Lá eles farão uma análise de crédito e do relacionamento que sua empresa possui com o banco, assim eles podem fechar negócio com condições mais vantajosas. Para a análise de crédito o banco solicitará diversos documentos, dentre eles: RG e CPF dos sócios, balanço e demonstrativo de resultado atualizado e detalhes sobre bens e patrimônio em nome da empresa e sócios.

*As informações acima foram obtidas no site do Banco do Brasil em 17/07/2017 e estão sujeitas à alterações. Para informações de taxas e demais valores é necessário entrar em contato com o banco.

Veja também!

Ainda tem dúvidas sobre o capital de giro? Descubra como ele funciona.




comentários