Empréstimo para Capital de Giro Daycoval: como funciona - Konkero

Empréstimo para Capital de Giro Daycoval: como funciona

Pensa em solicitar um empréstimo para capital de giro para sua empresa? Entenda como ele funciona no banco Daycoval!

O capital de giro é a quantia em dinheiro que sustenta o contínuo funcionamento de uma empresa, atendendo às suas necessidades básicas como o salário de seus funcionários, pagamento de impostos, pagamento de fornecedores, entre outras. Para fazer um capital de giro funcionar, é recomendado ter controle, planejamento e calcular gastos a curto, médio e longo prazo.

Entretanto, é possível que empreendedores possam encontrar desafios em sua empresa ao não conseguir capital de giro suficiente. Nesse caso, uma das soluções é o empréstimo para capital de giro, que é um dos serviços realizados por bancos como o Daycoval. Entenda como funciona e como se contrata o serviço do banco para o seu negócio!

O que é empréstimo para capital de giro?

O empréstimo para capital de giro serve para restabelecer ou aumentar o dinheiro de uma empresa. Esse tipo de crédito possui algumas condições, como por exemplo, a solicitação deve ser feita apenas por pessoas jurídicas, e além disso, a  empresa precisa ser ativa e formalizada.

Para contratar o empréstimo, o banco ou instituição financeira pode pedir a apresentação de alguns documentos, entre eles o CPF e RG dos sócios, o contrato social – onde constam as regras e as condições da empresa, CNPJ e também balanços e demonstrativos de resultados de anos anteriores.

Como funciona o empréstimo para capital de giro no banco Daycoval?

O empréstimo para capital de giro no banco Daycoval, chamado Daygiro FGI, em parceria com o banco BNDES é feito para pequenas e médias empresas que faturam,  anualmente, entre R$ 1 milhão e R$ 90 milhões ao ano e foram fundadas há pelo menos 5 anos.

No Daycoval, o empreendedor não tem a necessidade de apresentar garantia real para crédito entre os valores de R$ 100 mil e R$ 500 mil. Além disso, o empréstimo conta com taxas de juros de 1,5% ao mês e com o prazo de 12 a 36 meses para pagar.

A empresa que irá contratar o empréstimo de capital de giro também deve apresentar a certidão de Débitos Relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União, assim como o documento de regularidade do FGTS.

O site do banco Daycoval possui um simulador de crédito, para que o empreendedor tenha ideia do tamanho da parcela que irá pagar por mês, valor total do empréstimo e suas condições.

Veja também!