Empréstimo para abrir empresa: como conseguir - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Empréstimo para abrir empresa: como conseguir

Está pensando em abrir o próprio negócio? Veja como conseguir um empréstimo para montar sua empresa! 

Em tempos de crise e alta do desemprego, cada vez mais a população está procurando alternativas para conseguir fechar o orçamento no fim do mês e pagar todas as contas. Uma delas é investir no próprio negócio e ganhar dinheiro com algum conhecimento profissional. Segundo a Serasa, no período entre janeiro e setembro de 2019, cerca de 18 mil empresas individuais foram abertas no Brasil, enquanto 225 mil pessoas abriram o cadastro de microempreendedor individual (MEI).

Abrir uma empresa e, sobretudo, mantê-la de pé requer conhecimentos profissionais, porque se houver uma má administração, o negócio pode ir mal e prejudicar financeiramente o responsável pela empresa. Portanto, quem pretende ter o próprio negócio deve saber um pouco como administrar as finanças e sobre os pagamentos da empresa para não sofrer prejuízos no futuro.

Uma das formas de começar o processo de abertura da empresa é solicitando um empréstimo no banco para comprar matéria-prima, ferramentas de trabalho e investir no capital de giro do negócio. Contudo, para conseguir um crédito melhor para pessoa jurídica, o profissional deve seguir alguns passos importantes. Confira!

Como conseguir um empréstimo para abertura de empresa

O empréstimo para abrir uma empresa pode ser contratado em bancos e empresas que oferecem apoio ao empreendedor e microempresário. Veja abaixo como contratar o empréstimo em cada uma dessas opções:

Como conseguir empréstimo para abrir empresa no banco

O dono da empresa deve ir até o banco onde quer fazer o empréstimo portando os seguintes documentos:

  • Contrato social da empresa;
  • CNPJ;
  • Plano de negócio constando informações dos próximos seis meses ou mais;
  • Documentos sobre o fluxo de caixa.

Espera-se do empreendedor ou do microempresário que ambos tenham uma quantia disponível para quitar os gastos iniciais da empresa. Portanto, quando for ao banco, leve documentos que comprovem a abertura da empresa e a possibilidade de crescimento do negócio no futuro.

Como conseguir empréstimo para abrir empresa em companhias de crédito

Existem outras formas de conseguir um empréstimo e utilizar o dinheiro para abrir uma empresa. Algumas empresas oferecem empréstimo online para que empreendedores consigam ter o próprio negócio e desenvolvam a empresa nos meses seguintes após a contratação do valor.

Nesses casos, a contratação varia de acordo com a empresa de empréstimo. Algumas podem solicitar que o dono da empresa apresente os documentos de forma presencial, ou, pela internet no site da fintech, que o interessado preencha os campos com dados pessoais, informações do negócio e faça a solicitação do empréstimo para empresa online.

A lista de documentos é a quase a mesma que os bancos solicitam antes de liberar o empréstimo para a empresa, entretanto, algumas companhias de crédito podem pedir dados pessoais. São eles:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda;
  • Contrato social da empresa;
  • CNPJ;
  • Plano de negócio constando informações dos próximos seis meses ou mais;
  • Documentos sobre o fluxo de caixa.

Fique atento! As empresas de empréstimo online para PJ não podem solicitar depósitos antes da contratação do crédito. Antes de enviar documentos e fechar o empréstimo, procure a empresa no site Reclame Aqui, consulte o CNPJ no site da empresa e veja se a página possui certificados de segurança digital.

Empréstimo para abrir empresa: o que saber antes de contratar

O interessado em abrir o próprio o negócio deve pensar que, ao contratar um crédito para abrir uma empresa, ele fará uma dívida com o banco ou na empresa em que fez o empréstimo online. Portanto, se não houver o pagamento das parcelas pelo dinheiro que foi pego emprestado, a dívida sofrerá juros e aumentará, conforme as taxas que o empreendedor contratou com o crédito.

Espera-se que o microempresário e demais profissionais tenham um valor inicial para abrir o negócio e evite num primeiro momento recorrer a empréstimos. No entanto, se o dono da empresa não tiver dinheiro suficiente para investir no capital de giro e comprar materiais e demais equipamentos, será necessário pegar um empréstimo para abrir a empresa.

Por isso, o dono da empresa terá que pesquisar em mais de um lugar as taxas de juros do empréstimo para usar na abertura do próprio negócio. O profissional deve ir até os bancos em que tenha conta corrente ou outro serviço contratado e solicitar uma análise de crédito para saber de quanto serão as taxas do empréstimo para abrir o negócio. Assim, fica mais fácil conseguir propostas melhores. Todavia, mesmo que não tenha conta bancária, o empreendedor pode ir até as agências e solicitar uma proposta de crédito.

Para outras empresas, como a BizCapital ou a Nexoos, o ideal é que o dono do negócio encaminhe os dados sobre o negócio e aguarde o retorno da proposta. Depois, é necessário verificar os valores e observar se vale a pena contratar o empréstimo para empresa da companhia de crédito, tendo em vista as taxas e outros encargos. Clique aqui e conheça cinco passos para escolher um empréstimo para microempresa.

Veja também!