Cartão BNDES: como fazer

  • Google+
  • LinkedIn

Se você tem uma micro, pequena ou média empresa, pode solicitar o cartão BNDES. Descubra aqui como ele funciona.

5 taxas que o banco pode cobrar pelo uso do cartão de crédito



O cartão BNDES é um empréstimo oferecido pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), destinado à micro, pequenas e médias empresas para aquisição de equipamentos e produtos.

Trata-se de um cartão destinado apenas para compra de produtos de fornecedores cadastrados no BNDES. Por isso, antes de solicitar o cartão veja se os equipamentos que sua empresa necessita podem ser comprados com cartão BNDES e se o preço oferecido pelos fornecedores está adequado.

Como funciona o Cartão BNDES

O cartão BNDES funciona como um cartão de crédito, mas com um maior prazo para pagamento e taxas de juros mais baixas. Quem solicita o cartão tem acesso a um crédito pré-aprovado e a cada compra efetuada é possível parcelar em até 48 vezes com juros de 1,32% ao mês.

Cada compra vai sendo descontada do seu limite de crédito. Mas a medida que você paga as parcelas o limite vai aumentando de volta.

Por exemplo, se o seu limite é de R$ 30 mil e você utilizou R$ 16 mil em uma compra, restou um crédito de R$ 14 mil. Conforme o pagamento das parcelas de sua compra for feito, a cada pagamento, o banco aumenta um pouco do seu limite até que ele volte a ser R$ 30 mil.

Quem pode fazer o Cartão BNDES

Podem fazer o cartão BNDES:

  • Empresas legalmente constituídas com CNPJ ativo;
  • MEI (Microempreendedor Individual), micro, pequenas e médias empresas nacionais, que tenham atividades econômicas apoiadas pelo BNDES, com faturamento de até R$ 90 milhões por ano;
  • É necessário estar em dia com todos os tributos e obrigações federais.

Quem não pode fazer o cartão BNDES

Nenhum tipo de pessoas física pode solicitar o cartão e, além disso, algumas atividades econômicas não são consideradas compatíveis com a política do BNDES, por isso também não podem solicitar o crédito. Conheça quais são elas:

  • Comércio de armas;
  • Atividades bancárias/financeiras, exceto em caso de microcrédito;
  • Motéis, saunas e termas;
  • Empreendimentos no setor de mineração que utilizem o processo de lavra rudimentar ou garimpo;
  • Empreendimentos relacionados a jogos de apostas e semelhantes.

Como fazer o cartão BNDES

Você pode conseguir o seu cartão BNDES no próprio site do banco, acessando o portal de operações.  Após fazer o pedido do cartão, você deve escolher um dos bancos emissores. Caso você possua conta corrente aberta em algum deles, poderá usá-la, pois as parcelas do financiamento serão descontadas em sua conta corrente.



Os bancos emissores são: Banco do Brasil,  Banco do Nordeste, Banrisul, Bradesco, BRDE, Caixa Econômica Federal, Itaú, Santander, Sicoob e Sicredi.

Vale a pena ter o cartão BNDES?

Os juros do cartão BNDES são muito menores do que os cobrados por outros tipos de empréstimo. Por isso ele é uma opção interessante.

Mas fique atento. O cartão BNDES só permite comprar produtos de fornecedores que aceitam o cartão. Por isso verifique quais são os fornecedores cadastrados no BNDES para saber se o produto que você procura está disponível para compra utilizando o cartão. Além disso, verifique o preço cobrado. Se o preço for superior a de outros fornecedores que não aceitam cartão BNDES, talvez não valha a pena pedir o cartão.

Acesse o portal de operações do banco e consulte quais são as categorias de produtos cadastrados. Caso não encontre pelas categorias, você tem a opção de digitar o nome do produto.



*As informações acima foram obtidas no site do Banco BNDES no dia 03/03/2016 e estão sujeitas a alterações.

Ainda tem dúvidas sobre o cartão BNDES? Veja tudo o que você precisa saber sobre esse crédito.




Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.