Serasa score: como aumentar - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Serasa score: como aumentar

Se o seu score está baixo, saiba o que você pode fazer para aumentá-lo e conseguir o seu empréstimo ou financiamento!

Muitas agências de empréstimos e financiamentos, antes de aprovar ou reprovar uma solicitação de crédito, verificam o score do solicitante, que é uma pontuação baseada no seu perfil financeiro. As empresas que fazem esse cálculo são as que atuam na proteção ao crédito e buscam, assim, diminuir o risco de inadimplência.

Quanto maior o score, maiores as chances de se conseguir o crédito desejado, pois entende-se que você é um bom pagador. Da mesma forma, o inverso também acontece, ou seja, quanto menor essa pontuação, menores as chances. Porém, o seu score não é algo definitivo e que não possa ser mudado. Como ele varia conforme o seu perfil financeiro, há algumas ações que você pode fazer para que ele aumente.

Confira agora como fazer para aumentar o seu score Serasa e conseguir o seu empréstimo ou financiamento.

Serasa score: como aumentar

O Serasa score é calculado levando em conta, principalmente, o seu histórico financeiro – se você paga suas contas em dia, se costuma atrasar, se gasta mais do que realmente pode, entre outros fatores. Sendo assim, é necessário que você mude alguns hábitos financeiros para que essa pontuação aumente.

1. Pague suas contas em dia

Evite atrasos. O pagamento das suas contas em dia faz com que o seu Serasa score seja maior, além de não acumular juros e multa. Assim, se organize financeiramente para não perder a data de vencimento de nenhuma conta e para ter o dinheiro necessário quando a conta vencer.

Ter contas no seu nome também ajuda a ter uma alta pontuação, pois, assim, o Serasa conhecerá o seu perfil de consumidor. No entanto, é fundamental que você faça o pagamento em dia.

2. Escolha bem o seu cartão de crédito

É comum que o cartão de crédito dê a falsa impressão de que é uma renda extra. Porém, isso não ocorre, porque, no final do mês, você terá que pagar por tudo que gastou. Consequentemente, se não tiver o dinheiro necessário, contrairá uma dívida, o que faz com que o seu Serasa score seja baixo. Sendo assim, se atente ao limite: busque um limite de acordo com o que você recebe. Um limite maior pode ser tentador, e as consequências podem ser bem caras.

Além disso, não deixe de conferir a anuidade do cartão. Todo mês você terá que pagar uma parcela da anuidade, e quanto mais benefícios o cartão oferecer, maior será essa parcela. Analise se você realmente precisa de todos esses benefícios e se a parcela da anuidade valerá a pena. Você também pode optar por um cartão de crédito sem anuidade, atrelado a uma conta digital.

3. Mantenha seus dados atualizados

Caso você tenha se cadastrado em empresas ou instituições que oferecem crédito, é essencial que os seus dados estejam corretos e atualizados. Portanto, se você mudar de telefone ou endereço, por exemplo, não deixe de alterar esses dados no seu cadastro Serasa, para que o seu score não fique com uma pontuação baixa.

4. Negocie as suas dívidas

Dívidas fazem o seu score permanecer baixo, principalmente se você tem o nome sujo no Serasa. Se você tem dívidas, busque as empresas para as quais você está devendo e procure negociar os débitos. Isso beneficiará você, que terá o nome limpo, e a empresa credora, que receberá a quantia devida. Organize as suas finanças e faça acordos que cabem no seu orçamento, para não correr o risco de não conseguir pagar a dívida de novo.

Tomando essas atitudes e tendo uma vida financeira regrada, o seu Serasa score irá aumentar e permanecerá com uma boa pontuação.

Veja também!