Empréstimo com restrição no nome: 6 maneiras de como conseguir

  • Google+
  • LinkedIn

Conseguir um empréstimo com restrição no nome não é fácil. Mas existem seis alternativas para quem está nessa situação. Confira!

conseguir credito



Ter restrição no nome torna muito mais difícil a aprovação de financiamento, empréstimo, cartão de crédito ou parcelamento das compras em lojas. Isso acontece porque tanto o banco quanto a empresa consultam o seu CPF antes de liberar o dinheiro. E, se o nome tiver restrição, suas chances diminuem bastante porque eles entendem que você não tem condições financeiras de pagar pelo serviço contratado.

É muito importante limpar o nome e resolver essa situação o quanto antes, mas se você precisa de grana agora, existem alternativas para ter acesso ao crédito. Descubra seis soluções para conseguir dinheiro restrição no nome.

6 alternativas para conseguir um empréstimo com restrição no nome

1. Empréstimo pessoal online

A Simplic é um site especializado em empréstimo. Apesar dos juros altos, a Simplic costuma ser mais flexível na aprovação de crédito e, portanto, dependendo do tamanho da dívida eles podem conceder um empréstimo mesmo para quem está com restrição no nome.

Os valores de empréstimo da Simplic variam de R$ 500 a R$ 2.500. Para solicitar bastar clicar aqui.

2. Refinanciamento de imóvel

No refinanciamento de imóvel você dá o imóvel como garantia do empréstimo. Por isso é fundamental você ter um imóvel quitado em seu nome para conseguir esse empréstimo. O interessante é que alguns bancos aceitam fazer esse empréstimo mesmo para quem está com restrição no nome. Normalmente os bancos vão obrigar que parte do empréstimo seja utilizada para quitar as dívidas que você tem e limpar o nome.

Os bancos também vão olhar quanto você tem de dívidas não pagas e o tipo de dívida.  Normalmente os bancos são mais restritivos para quem tem cheques sem fundo e está no CCF (Cadastro de Emitentes de Cheque sem Fundo).

Para facilitar sua comparação, é possível solicitar propostas online. Basta preencher os seus dados pessoais que a Konkero encaminha sua solicitação para diferentes bancos. Para solicitar sua proposta de refinanciamento basta clicar aqui.

3. Refinanciamento de veículo

O refinanciamento de veículo funciona da mesma forma que o refinanciamento de imóvel. Mas, ao invés de você dar a sua casa como garantia, você dá um veículo. Por isso é importante que você tenha um veículo quitado.

O BankFacil é um site que possui parcerias com diferentes bancos para refinanciamento de veículos. Feita a análise de crédito você receberá ofertas de vários bancos parceiros. Para solicitar bastar clicar aqui.

4. Penhor

Sem burocracia na liberação do crédito, a penhora de bens é uma opção para quem precisa de dinheiro rapidamente. Esse tipo de empréstimo não faz análise de crédito nem exige uma comprovação de renda porque você deixa um objeto valioso como garantia. Ficou interessado? Saiba mais sobre como funciona o penhor.



Importante: os prazos de pagamento desse crédito são mais curtos e variam de um a quatro meses. A penhora de bens compensa quando você tem certeza que vai conseguir devolver o dinheiro dentro do prazo. Caso contrário, evite penhorar qualquer objeto, pois ele vai a leilão se você não conseguir pagar o dinheiro que pegou.

5. Empréstimo consignado

Nesse caso, as parcelas do pagamento da dívida são descontadas diretamente da sua folha de pagamento. Ou seja, assim o salário que cai na conta é menor porque uma parte foi usada para quitar a parcela daquele mês. Então, como o banco tem essa garantia de que vai receber o dinheiro da dívida, muitas instituições não dificultam a liberação do crédito consignado para o cliente com restrição no nome. Você pode, inclusive, usar o consignado para limpar o seu nome!

Importante: não são todas as financeiras nem todos os bancos que oferecem o consignado para quem tem o CPF irregular – é preciso verificar se existe essa possibilidade. Além disso, se você perder o emprego, ainda deverá pagar essa dívida!

6. Consórcio

O consórcio não é um empréstimo e você não conseguirá dinheiro com essa opção. Mas vale conhecer essa alternativa.

Ter restrição no nome não impede que você faça um consórcio. Entretanto, quando for contemplado com a carta de crédito, seja por sorteio ou leilão, algumas administradoras exigem que você tenha pelo menos 70% da dívida que consta na Serasa quitada. Outra saída é apresentar um fiador para retirar o bem por você. Quer saber mais? Fique por dentro de tudo que você precisa saber sobre consórcio de carro e moto.

Importante: se você precisa de dinheiro agora e não vai usá-lo para comprar um bem, o consórcio não será a melhor opção. Isso porque a carta de crédito só vai estar disponível se você for sorteado ou der o maior lance, o que requer uma grana disponível.



É necessário comprovar renda para conseguir um empréstimo com restrição no nome

Ter restrição no nome dificulta muito a aprovação de empréstimos. Mas não ter como comprovar renda torna quase impossível você conseguir um empréstimo. Por isso é fundamental você ter documentos que consigam comprovar renda quando quiser solicitar um empréstimo.

Empréstimo com nome com restrição costuma custar mais caro

Apesar de existirem alternativas, quem está com restrição no nome vai pagar mais caro se conseguir empréstimos. Por isso, não importa se a negativação foi resultado de um cheque devolvido ou de um atraso no pagamento do carnê de loja, o importante é limpar o nome! Descubra como sair das dívidas e regularizar sua situação.




Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.