Quando é a hora de pegar um empréstimo consignado?

  • Google+
  • LinkedIn

Cirurgia de emergência, tratamentos médicos caros e morte de familiares são algumas das situações em que o dinheiro deste empréstimo pode ser a solução. Confira!

Será que é a hora de pegar um empréstimo consignado



Poder pegar um consignado não deve ser o único motivo para entrar em uma dívida. Como o dinheiro das parcelas sai diretamente do seu salário, as chances de cair no endividamento são maiores. Antes de ir ao banco ou ao setor de recursos humanos da empresa onde trabalha, procure ter certeza que o empréstimo é a única saída para o seu problema. Você pode começar pensando nestas duas questões: se a grana está apertada e qual será o uso do empréstimo. Veja a seguir seis situações em que pedir esse dinheiro pode ser uma boa ideia.

1. Empréstimo consignado para pagar cirurgias emergenciais

Problemas de saúde costumam surgir de repente e, em muitos casos, você precisa conseguir o dinheiro rapidamente. Nessa hora é importante manter a calma. Pedir o dinheiro em financeiras pode ser mais rápido, mas é uma das dívidas mais caras atualmente. Neste caso, quem pode pegar um consignado tem uma opção de crédito com juros menores.

Se você ou alguém da sua família precisa passar por uma cirurgia, o empréstimo quita esse procedimento e você paga a dívida aos poucos. Nesta situação, como está em jogo a saúde de alguém, o consignado poderá ajudar sua família a resolver o problema sem ficar com uma dívida muito cara.

2. Empréstimo consignado pagar despesas com falecimento de familiar

A morte de um ente querido costuma trazer despesas com serviço funerário. Dependendo do valor gasto, veja se compensa fazer um consignado. Afinal, esse tipo de crédito é muito melhor do que o cheque especial ou o parcelamento do cartão de crédito. Com juros mais baixos do que em outros tipos de empréstimo, o consignado vai permitir que você pague os custos do funeral – que não podem ser adiados – sem comprometer o seu orçamento familiar. Fique atento ao valor das parcelas que serão cobradas, já que você terá que arcar com essa despesa durante um tempo!

3. Empréstimo consignado para pagar a reforma na casa ou no negócio

Se a sua reforma não for essencial para o desempenho do negócio ou o bem estar dos moradores da residência, o ideal seria juntar o dinheiro para realizar a reforma, assim você evita as dívidas. Mas algumas situações precisam de conserto imediato, como um cano que estourou, uma fiação elétrica antiga ou outra reforma essencial para o bom andamento do negócio. Quando o imóvel precisa de uma reforma como esta, o consignado pode ajudar a pagar a despesa. Dessa forma, você conserta o que precisa e, meses depois, quita toda a dívida.

4. Empréstimo consignado para pagar medicamentos

Quando o médico passa um tratamento caro que tem data para terminar, você sabe que esse gasto é emergencial e que não acontece todos os meses. Então, dependendo do valor da dívida, prefira o consignado em vez de entrar no limite da conta corrente. Nesse caso, o crédito consignado vai ajudar você a se organizar para comprar os medicamentos e realizar o tratamento sem comprometer o orçamento familiar. Pagando o consignado aos poucos, você não vai se endividar tanto enquanto realiza o tratamento.

Empréstimo online: solicite sem sair de casa
Simplic: empréstimos de R$ 500 a R$ 2.500.
Lendico: empréstimos de R$ 2.500 a R$ 35 mil.
BomPraCrédito: compare e contrate empréstimos de diferentes bancos

5. Empréstimo consignado para ampliar o seu negócio

Além de ser um gasto que não acontece sempre, a melhoria no negócio é um investimento! Isso porque as vendas podem aumentar após essa mudança – e você terá mais dinheiro futuramente. Nesse caso, o consignado trará uma vantagem! Por isso, planeje quais mudanças você pretende realizar e as possíveis melhorias que as reformas podem trazer. Assim que definir onde investir esse dinheiro, você terá uma ideia do retorno financeiro que virá e estará mais seguro na hora de pedir o empréstimo consignado.



6. Empréstimo consignado para quitar uma dívida que tem juros altos

Dívidas de cartão de crédito ou cheque especial costumam ter os juros mais altos do que outros tipos de empréstimo. O consignado, por exemplo, cobra juros menores, inclusive quando comparado com o crédito pessoal. Nesse caso, compensaria quitar a dívida cara para não perder o controle do pagamento. Você ainda terá as parcelas do consignado, mas vai economizar nos juros.

Fique atento!

Pegue apenas a quantidade certa para o que precisa – e nada mais. Se você não precisa do limite oferecido, por exemplo, não o pegue. Medidas assim ajudam a evitar que você se endivide e permitem que o seu problema seja resolvido.

Saiba mais sobre o empréstimo consignado

Esclareça 13 dúvidas importantes sobre o empréstimo consignado.



 

 




Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.