Empréstimo consignado: tire 15 dúvidas importantes

  • Google+
  • LinkedIn

Será que dá para pegar mais de um crédito ao mesmo tempo? E quem consegue esse empréstimo? Veja as respostas para estas e outras dúvidas comuns sobre o consignado

Esclareça-10-dúvidas-sobre-empréstimo-consignado



Quem trabalha com carteira assinada, é funcionário público ou recebe algum benefício do INSS pode pedir um empréstimo consignado. Se você já ouviu falar nesse tipo de crédito ou quer entender melhor como ele funciona, confira aqui as respostas para 15 dúvidas comuns sobre as regras e condições do consignado público e privado.

1. O que é o empréstimo consignado?

É um tipo de empréstimo, também conhecido como crédito consignado, que tem como principal diferença a forma de pagamento: todo mês, as parcelas da dívida saem do seu salário ou do benefício do INSS antes que você receba esse dinheiro. Ou seja, enquanto você estiver pagando o crédito consignado, terá menos dinheiro na conta – e não poderá evitar esse desconto. “É uma garantia que os bancos e as financeiras têm de que receberão as parcelas em dia, o que traz menos riscos e permite que essas empresas cobrem juros menores do que cobrariam em um empréstimo pessoal”, explica o planejador financeiro Valter Police.

2. Quando vale a pena pegar o crédito consignado?

Considerando que você receberá menos por mês e não terá como atrasar o pagamento da dívida, é preciso ter certeza de que o consignado é a melhor opção nesse momento. O consultor financeiro da Konkero, Guilherme Prado, conta em quais situações esse crédito vale a pena e explica como não se atrapalhar no pagamento da dívida. Confira abaixo.

 

3. Quem pode fazer o empréstimo consignado?

Por ser um crédito que desconta as parcelas do salário ou do benefício, nem todo mundo consegue pegar esse empréstimo. Trabalhadores com carteira assinada, funcionários públicos e pensionistas ou aposentados do INSS são os únicos que têm essa chance. E mesmo os trabalhadores com carteira assinada enfrentam restrições, pois só conseguem pedir o dinheiro se a empresa onde trabalham tem convênio com algum banco.

Já os  funcionários públicos, pensionistas e aposentados pelo INSS estão no grupo com mais vantagens, pois o banco entende que a estabilidade financeira deles é maior. Por esse motivo, oferece condições ainda melhores.

4. Eu preciso ser correntista do banco em que quero pegar o empréstimo consignado?

Não. Quem pega um consignado não é obrigado a ter conta no banco onde fará o empréstimo.

5. Onde posso fazer a contratação do empréstimo consignado?

Se você trabalha de carteira assinada precisa ir ao o setor de recursos humanos (RH) de sua empresa. Lá, descubra quais são as instituições conveniadas com a empresa que fazem esse tipo de empréstimo e entre em contato com elas.

Os funcionários públicos e beneficiários do INSS podem procurar diretamente os bancos que oferecem o consignado. Nesse caso é possível solicitar pessoalmente e até mesmo online.

Também é possível ver as taxas médias cobradas pelos bancos. Para isso veja o ranking das taxas de juros do empréstimo consignado do INSS.



6. O banco faz análise de crédito antes de emprestar o dinheiro no crédito consignado?

Sim. Por isso, mesmo com a garantia do salário, o empréstimo pode ser negado. “Assim como em todo empréstimo, o banco analisa tudo o que você pagou ou deixou de pagar até agora para decidir se entrega o dinheiro”, afirma Police.

7. Qual é o limite de crédito que dá para pegar no consignado?

Segundo informações do Banco Central, o valor da parcela do empréstimo não pode ser mais do que 35% do salário ou benefício do trabalhador. Por exemplo: se seu salário for de R$ 1.500, a mensalidade do empréstimo não pode ser maior que R$ 525. Mas há um detalhe importante: 5% do limite só poderá ser utilizado no cartão de crédito consignado. [O que é o Cartão de Crédito Consignado?]

8. Quanto tempo demora para o empréstimo consignado cair na conta?

Geralmente utilizado para cobrir emergências, o crédito consignado conta com uma análise de crédito rápida e, assim que o limite é aprovado, em alguns casos o dinheiro pode cair na conta em 24 horas. Mas vale lembrar que esse prazo pode variar de uma instituição para outra.

9. O que acontece se eu me atrapalhar e não conseguir pagar a dívida?

Se perceber que não conseguirá pagar as parcelas seguintes, você deve ir até o banco e renegociar o empréstimo. “Uma saída é pedir para aumentar o número de parcelas ou, em último caso, fazer um segundo empréstimo para quitar o primeiro”, informa o planejador financeiro Valter Police.

10. Aposentados e pensionistas podem pegar empréstimo consignado apenas na Caixa Econômica Federal?

Não. Outros bancos que têm convênio com a Previdência Social podem fazer esse empréstimo (consulte a lista completa neste link). O cliente é livre para escolher a instituição financeira que tiver a menor taxa de juros mas por questões de segurança, o valor só pode ser creditado na conta em que o idoso recebe a aposentadoria.

11. É possível fazer mais de um consignado ao mesmo tempo?

Sim, desde que o valor somado não alcance parcelas muito altas por mês. O valor cobrado mensalmente deve ser menor do que 35% do salário do empregado, segundo a lei 10.820, de 17 de dezembro de 2003, referente ao crédito consignado.

12. O que acontece se eu for demitido enquanto tenho esse empréstimo?

Nem sempre a dívida termina com o pagamento da rescisão do contrato de trabalho. Confira o que fazer aqui.

13. Os juros do empréstimo consignado são determinados por lei?

Não. Eles variam de banco para banco. Para ajudá-lo nesta comparação, a Konkero criou um ranking com as taxas de juros do empréstimo consignado do INSS.



14. Quais bancos oferecem o empréstimo consignado?

Ao todo mais de 50 bancos oferecem o empréstimo consignado. Isso inclui os grandes bancos como Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil (BB), Itaú, Santander, HSBC; bem como bancos médios como Banco Pan, BV Financeira, Banco BMG; e, até financeiras como Agiplan e Portocred. Veja aqui todos os bancos que oferecem crédito consignado para INSS, Público e Privado.

15. É possível fazer um empréstimo consignado com nome sujo?

É possível pegar um empréstimo consignado mesmo estando com o nome sujo. Como as parcelas da dívida são descontadas diretamente da sua folha de pagamento ou do benefício que você recebe do INSS, o banco tem a garantia de que vai receber o dinheiro de volta. Sendo assim, muitas instituições financeiras não negam o crédito se você está com nome sujo porque consideram que existe essa fonte de renda para pagar as prestações do consignado.

Veja também!




Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.