Score: entenda como é calculada sua pontuação

Para calcular a sua pontuação do score, as instituições financeiras consideram diversos fatores. Confira quais são e o quanto eles influenciam na aprovação do seu crédito.

Score: entenda como é calculada sua pontuação

Se você teve um empréstimo reprovado e não sabe qual é o motivo, conhecer a sua colocação no score pode te ajudar a entender o resultado da solicitação. Descubra agora quais são as informações que os bancos utilizam para liberação de crédito e entenda por que ter o nome limpo não é sinônimo de crédito liberado.

O que influencia na pontuação do score

O score é uma ferramenta que, por meio de cálculos estatísticos, define a probabilidade de um cliente ser inadimplente. Para realizar o cálculo, são consideradas informações que vão desde a região onde o cliente mora, até a quantidade de títulos protestados que ele teve em um determinado período.

Cada uma das informações consultadas tem um peso na hora de definir a sua colocação como consumidor no score, sendo que algumas influenciam mais e outras menos. Confira abaixo quais são os principais dados utilizados para gerar a pontuação do score.

1. Dados pessoais

Os bancos consideram no cálculo do score alguns dados pessoais revelados quando você abre um cadastro para liberação de crédito.

Data de nascimento: as pessoas mais jovens costumam ter hábitos de consumo descontrolados e acabam se endividando facilmente, por isso, quem está nessa faixa etária pode ser considerado propício a não quitar suas dívidas.

Endereço: com base em pesquisas sobre o mercado de trabalho e índice de inadimplentes de determinada região, elas acabam sendo consideradas negócios arriscados, por isso, o lugar onde você mora pode diminuir a sua pontuação no score.

CPF: é o documento utilizado para consultar se existe alguma pendência em seu nome, assim, se houver alguma dívida, pendência eleitoral ou processos judiciais atrelados ao documento a sua pontuação no score também diminui.

2. Histórico financeiro

Além das informações pessoais, a sua rotina como consumidor conta muito no cálculo do score.

Quantas vezes houve busca de crédito no mercado: as instituições financeiras possuem muitos registros sobre os seus clientes e, dentre eles, também é possível descobrir quantas vezes cada um deles buscou crédito no mercado. A partir daí, se o cliente tiver um histórico com vários empréstimos, elas podem considerar que ele não tenha bons hábitos financeiros, e isso pode ser visto como negativo para o score.

Se houve busca de crédito em financeiras: nas financeiras é possível conseguir um empréstimo com mais facilidade do que em bancos, inclusive se o cliente tiver alguma restrição no nome, desde que ele se proponha a pagar os juros altos cobrados por elas. Ter contratado empréstimos por meio de financeiras pode prejudicar a sua pontuação no score, principalmente se o pagamento da dívida ficou em atraso.

Lugares onde os débitos foram registrados: além de quantas vezes você solicitou crédito, também é possível descobrir quais foram os lugares em que você se endividou e classificar se aquela compra foi feita por impulso ou o endividamento se deu por algum imprevisto. Assim, se for constatada que a compra foi feita por impulso como, por exemplo, dívidas em lojas de roupas, a sua pontuação no score diminui bastante.

Valor de dívidas em aberto: caso seja constatada alguma pendência em seu nome, as empresas procuram saber qual é o valor dela. Quanto maior o valor de sua dívida, mais prejudicial será ao seu score.

Existência de ações judiciais: ações judiciais como busca e apreensão são utilizadas em último caso pelas empresas – geralmente depois de tentar negociar a dívida por diversas vezes e não ter retorno do devedor. Desta forma, as instituições financeiras entendem que você se recusou a negociar a dívida e, assim, são grandes as chances dessa situação se repetir.

Empréstimo online: compare em diferentes bancos
Acesse nosso comparador de empréstimos e receba ofertas de várias financeiras.

Como aumentar a sua pontuação no score

O score não funciona como um banco de dados, ele é calculado com base no histórico de consumo e pagamentos do titular. Mas a pontuação é consultada pelas empresas quando você pede uma liberação de crédito. Por isso, algumas mudanças de hábitos podem te ajudar a ter uma colocação melhor. Veja como você pode conseguir.

Como consultar o score

Quem pretende recorrer a empréstimos, financiamentos e cartões de créditos em bancos e demais empresas pode consultar a pontuação de score e ter uma base se conseguirão contratar determinado serviço. A Serasa e o Boa Vista são as principais empresas que monitoram a pontuação e liberam a consulta por parte do portador do CPF.

Para consultar o score, o usuário terá que fazer um cadastro no site de uma das empresas, utilizando o CPF e alguns dados pessoais. Confira o passo a passo para ver a pontuação do score online na Serasa e no SCPC e acompanhe suas dívidas.

Entenda a pontuação de score

Antes de fazer uma liberação de crédito, os bancos avaliam de diversas formas o cliente e a possibilidade dele pagar o empréstimo até o final. Dentre essas informações avaliadas está o score – uma pontuação que varia entre 0 e 1000. Ele é uma ferramenta que calcula a probabilidade de um cliente ser ou não um bom pagador. Sendo assim, quanto maior a pontuação, menores serão as chances de negativação. Clique aqui e saiba mais!

Dica! Conheça o Cadastro Positivo e descubra como ele pode facilitar na sua aprovação de crédito!

Veja também!



Solicite seu empréstimo

Guilherme Prado: graduado e mestre em administração de empresas pela EAESP-FGV. Empreendedor há 21 anos, escreve sobre finanças pessoais há 8 anos.

Siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2020 FinanZero. Todos os direitos reservados.

Regras de uso do site Política de privacidade
Google Safe Secured SSL