Carta de Crédito Contemplada: 7 cuidados antes de comprar

  • Google+
  • LinkedIn

O que você precisa saber antes de entrar em um consórcio comprando uma carta de crédito contemplada!

5 cuidados antes de comprar uma carta de crédito contemplada



As administradoras de consórcios não têm o hábito de vender cartas de crédito contempladas e tampouco recomendam esse negócio porque muitas ofertas podem ser golpes. O problema é que, na prática, muitos participantes sorteados ou vencedores de um lance tentam repassar a carta de crédito porque querem receber este valor em dinheiro e deixar o grupo.

Então, quando você encontra alguém querendo vender uma carta de crédito contemplada e topa fechar o negócio, está fazendo um acordo e entrando em um grupo de um consórcio. Além disso, você terá que pagar um valor à vista ao consorciado para ter a carta de crédito e assumirá as parcelas que ainda estão pendentes no consórcio. Parece tentador, não acha? Mas justamente por ser uma oferta quase irresistível que muitos destes anúncios podem dar errado. Veja agora tudo o que você precisa saber antes de entrar em um consórcio contemplado e livre-se de possíveis transtornos!

O que é uma carta de crédito de consórcio

A carta de crédito é um documento da administradora de consórcio que concede um crédito ao seu titular para comprar determinado bem, por determinado valor. Por exemplo, uma carta de crédito de consórcio de veículo de R$ 30 mil, dá direito ao seu titular de comprar um carro por até R$ 30 mil. Lembrando que a administradora fará o pagamento diretamente para o vendedor do carro e a documentação do mesmo precisa estar em dia.

O que fazer antes de comprar um carta de crédito contemplada

Se mesmo assim você quiser fechar este negócio, existem alguns cuidados essenciais. Confira abaixo os cinco passos principais para não cair em golpes na compra de uma carta de crédito contemplada.

1. Confirme que a carta de crédito é verdadeira

Para isso, veja qual é a administradora do consórcio, ligue na empresa e pergunte se a carta de crédito que você quer comprar existe mesmo. Confirme também se a cota do participante que fez a oferta já foi contemplada.

2. Confira se a administradora de consórcio é autorizada pelo Banco Central

Esse é o órgão que fiscaliza todo o sistema de consórcios no Brasil. Para saber se a empresa que administra a cota tem autorização para funcionar, clique aqui e veja a lista.

3. Peça para ler o contrato do consórcio contemplado

O consorciado que fez a oferta da carta contemplada precisa mostrar o contrato e comprovar qual é o bem que está vendendo. Nesse documento você também descobre o número total de parcelas do consórcio, as regras de contemplação e as taxas de administração.



4. Informe-se sobre a taxa de transferência do consórcio

A administradora pode cobrar uma taxa para transferir o consórcio de um participante a outro. Confira se essa cobrança existe, qual o valor da taxa e quem vai pagar essa conta: você ou o consorciado contemplado.

5. Tome cuidado com a venda pela internet de carta de crédito

Não transfira o dinheiro antes de conhecer a empresa, o vendedor e a administradora que cuida da cota do consórcio contemplado que você quer comprar.

6. Confira as regras para usar a carta de crédito

Toda administradora estabelece regras de como é possível usar a carta de crédito de um consórcio contemplado. Por exemplo, o bem que vai ser adquirido – carro, casa ou moto – ficará em garantia da administradora de consórcio até que todas as parcelas estejam quitadas. Por isso, esse bem precisa estar com a documentação em dia e quitado.



Ou seja, se você pretende comprar um imóvel sem escritura, não vai conseguir usar sua carta de crédito. Ou se você quer comprar um veículo que ainda está financiado e não vai quitar o financiamento, a administradora também não irá permitir o uso da carta de crédito.

7. Compare as administradoras de consórcio

A Konkero avaliou as 16 maiores administradoras de consórcios do país e que vendem consórcio de imóvel, veículos, moto e serviços. Você pode comparar a qualidade de atendimento de cada uma antes de entrar em qualquer grupo e assumir uma nova dívida.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.