5 vantagens de fazer um consórcio para comprar um imóvel

Fuja dos juros do financiamento e conquiste a casa dos seus sonhos com um consórcio de imóveis!

Ter um imóvel próprio é um sonho que às vezes parece distante, não acha? Mas saiba que existem caminhos para torná-lo realidade. O consórcio é um deles, pois você se acostuma a pagar parcelas mensais para a administradora e, quando for sorteado, poderá comprar a casa. Costuma ser uma opção vantajosa para quem não tem tanta disciplina na hora de economizar dinheiro. Afinal, como a cobrança é feita por boletos que chegam mensalmente na sua casa, o consórcio vira uma responsabilidade que obriga o consorciado a pagar a parcela e, assim, chegar mais perto de realizar o sonho da casa própria.

Confira as vantagens de entrar em um consórcio e dê mais um passo para essa conquista!

1. Você não precisa pagar um valor de entrada

Ao contrário do financiamento habitacional, que exige o pagamento de uma parte do imóvel à vista, no consórcio não é preciso ter o dinheiro da entrada. Essa é uma das grandes vantagens para quem não encontra caminhos para juntar dinheiro.

2. A taxa de administração costuma ser mais barata do que os juros do financiamento

Por isso, se você não está com pressa, vale a pena procurar um consórcio. No final, ele custará menos do que um imóvel financiado. Apesar disso, saiba que é importante pesquisar a taxa de administração cobrada pela empresa, pois ela faz diferença no custo final do seu consórcio.

3. Se você tem um dinheiro guardado, pode dar um lance

Esse valor a mais é um caminho para você tentar levar a carta de crédito antes sem depender apenas do sorteio mensal. Nos leilões, você pode dar o seu lance e disputar a carta de crédito daquele mês, obtendo o seu imóvel antes do esperado. Se o seu lance não for vitorioso, não se preocupe! Você não perde o dinheiro e pode tentar novamente na próxima assembléia.

4. Você pode entrar em um consórcio mesmo estando negativado

A situação do consorciado será analisada somente quando ele conseguir a carta de crédito seja por sorteio ou lance. Isso quer dizer que você tem esse período para regularizar a sua situação, mas pode começar o pagamento das parcelas ainda com o nome sujo. No financiamento, diferentemente do consórcio, você não consegue ter o crédito aprovado ser o CPF estiver negativado porque o banco faz uma análise de crédito antes de liberar o dinheiro.



5. Dá para usar o FGTS

O consórcio habitacional é o único que permite o uso do Fundo Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para dar um lance. Dessa forma, você aumenta a chance de receber a carta de crédito antes do esperado e comprar o seu imóvel! O FGTS também vale para quitar algumas parcelas do seu consórcio de imóveis.

Confira as regras para usar o seu FGTS no consórcio

Essa opção vale somente para consórcios de imóveis no valor de R$ 650 mil (com exceção dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal, onde o valor máximo é de R$ 750 mil). Para utilizá-lo, é preciso ter no mínimo três anos de depósito no FGTS, mas não precisa ser em um mesmo emprego. Além disso, você não pode ter outro imóvel pronto ou em construção para usar os recursos do fundo. Caso tenha atrasado o pagamento das prestações do consórcio, existe a opção de utilizar o FGTS para quitar até três parcelas atrasadas.

Veja também!




comentários