Consórcio de carro Fiat: como funciona - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Consórcio de carro Fiat: como funciona

O consórcio Fiat é uma opção para os motoristas que querem comprar um carro novo e fugir das taxas do financiamento. Saiba mais! 

O financiamento é o crédito que os clientes mais contratam na hora de comprar um carro, principalmente pela facilidade de estender as parcelas durante alguns anos. Entretanto, além do valor do veículo, existe a cobrança de juros efetuada pelo banco em que o financiamento foi feito. Por isso, nem sempre esse tipo de compra é a melhor forma para conseguir um carro.

O consórcio de carro, por sua vez, possui apenas uma taxa de administração que os participantes devem pagar com as mensalidades da compra. Por mais que o tempo de contemplação possa demorar alguns meses, o valor pago por meio das parcelas durante o período do consórcio será bem menor, tendo em vista as taxas do financiamento.

Os consórcios são oferecidos por bancos, seguradoras e algumas montadoras de veículos e motos. Quando o consorciado é sorteado, ele ganha a carta de crédito e poderá quitar o carro de uma vez só. Entre as fábricas que oferecem o consórcio de veículo para os clientes está a Fiat, que, por sua vez, permite a compra de um carro 0 Km no prazo de até 100 meses. Saiba mais sobre esse serviço da montadora e veja se vale a pena comprar um modelo Fiat dessa forma!

Consórcio Fiat: como funciona

Um número de participantes se reúnem e formam um grupo de consorciados com um objetivo em comum: comprar um carro da Fiat. Para isso, cada integrante desse grupo terá que pagar as mensalidades do consórcio em dia para participar dos sorteios da carta de crédito e comprar o carro. Mesmo que seja sorteado durante as assembleias do consórcio Fiat, o cliente contemplado deve continuar pagando as mensalidades até o final do consórcio.

No consórcio de carro, incluindo o da Fiat, o cliente não precisa pagar um valor de entrada. Basta que ele escolha o plano que conseguirá pagar todos os meses e aguardar o sorteio da carta de crédito nas assembleias. Além disso, não há cobrança de juros nas mensalidades, embora tenha a taxa de administração do consórcio que deve ser paga, mas ela é mais barata, principalmente por ser dividida nas mensalidades ao longo do consórcio.

Uma forma de conseguir um carro da Fiat no consórcio de forma mais rápida é pelo Lance Facilitado. Por meio dele, os participantes podem usar uma parte da carta de crédito para dar lances e conseguir comprar o carro sem ter que esperar ser sorteado pelo consórcio. Dessa forma, se o consorciado ganhar o leilão, ele terá que pagar pelo lance que foi feito e continuar pagando o valor restante do consórcio. Vale lembrar que, para ser contemplado, o participante terá que passar por uma análise de crédito e estar em dia com o consórcio da Fiat.

Consórcio de carro Fiat: os planos disponíveis

Os planos do consórcio Fiat são separados de acordo com o modelo do carro que o cliente deseja comprar. A duração dos grupos pode variar entre 64 e 100 meses, e os sorteios acontecem mensalmente entre os participantes que estão em dia com os pagamentos. Veja abaixo os planos que podem ser contratados pelos interessados:

  • Consórcio Cronos 1.3 Flex 4P : A partir de 64 parcelas de R$ 1.136,17;
  • Consórcio Strada Working 1.4 Flex 2P: A partir de 65 parcelas de R$ 986,25;
  • Consórcio Grand Siena 1.6 16V Dualogic Flex 4P: A partir de 67 parcelas de R$ 1.096,21;
  • Consórcio Argo Drive 1.0: A partir de R$ 956,84;
  • Consórcio Toro Freedom 1.8 16V AT 6 Flex 4P: A partir de 67 parcelas de R$ 1.955,01;
  • Consórcio Uno Way 1.0 Flex 4P: A partir de 80 parcelas de R$ 783,44;
  • Consórcio Mobi Easy 1.0 Flex 4P 2017: A partir de 100 parcelas de R$ 445,60.

Consórcio Fiat: como participar

Os interessados em comprar um carro da Fiat devem acessar o site do consórcio da montadora e escolher entre os planos disponíveis para a contratação. O cliente terá que fazer um cadastro com o nome completo, telefone, e-mail, CPF, data de nascimento e escolher como deseja que o atendente do consórcio Fiat entre em contato.

Quando o colaborador do consórcio fazer o contato, o interessado deve confirmar a entrada no grupo de consorciados e, se houver dúvidas sobre a contratação, pedir a ajuda do funcionário da empresa. Caso esteja tudo certo, o cliente receberá o primeiro boleto bancário do consórcio Fiat por e-mail e deverá fazer os pagamentos em dia para participar dos sorteios e dar lances.

Consórcio de carro Fiat: contemplação

Após a contemplação por sorteio ou lance, o consorciado Fiat terá que ir até uma concessionária da fábrica e apresentar os seguintes documentos com cópias simples:

  • RG ou CNH e CPF;
  • Comprovante de endereço com até 60 dias de emissão;
  • Comprovante de rendimentos com até 60 dias de emissão.

A concessionária fará a análise de crédito do consorciado e, se for aprovado, o cliente deverá retornar ao local em poucos dias para receber a carta de crédito e comprar o modelo Fiat do plano de consórcio contratado.

Consórcio Fiat: qual a avaliação

O banco Itaú é o responsável pelo consórcio de carros da Fiat, por isso é importante saber como é o atendimento da empresa e do banco com os clientes que participam dos grupos de consórcio. No Reclame Aqui, o Consórcio Itaú e Fiat tem nota 8,3 e é avaliado como “Ótimo” pelos clientes. 99,5% das reclamações foram respondidas e o índice de solução do serviço é de 89,8%.

*Os dados do Reclame Aqui e do consórcio de carros Fiat foram consultados em 04 de maio de 2020 e estão sujeitos a alterações.

Veja também!