Como fazer um consórcio de carro - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Como fazer um consórcio de carro

Saiba como fazer um consórcio e conquiste o seu carro novo!

Realizar o sonho de comprar um carro requer planejamento e economia, porque um veículo, principalmente se for novo, custa caro e compromete uma boa parte do orçamento mensal. Muitos interessados em fazer a compra de um automóvel recorrem ao financiamento feito pelos bancos, mas essa opção tem juros mais altos que acabam encarecendo a dívida.

Para quem não tem pressa de comprar e quer pagar mais barato pelo carro, sem fazer grandes dívidas com bancos, uma alternativa segura é o consórcio. Esse tipo de compra é oferecido por bancos, seguradoras e algumas montadoras de carros com o objetivo de conceder uma carta de crédito aos consorciados para que eles consigam comprar o bem que desejam.

Quem escolhe a compra por meio do consórcio entra em um grupo com outros participantes que também desejam fazer a compra de um veículo. Os consorciados pagam as mensalidades até o final do prazo do consórcio para obter a carta de crédito, enquanto a administradora do grupo realiza o sorteio todos os meses da quantia desejada entre os participantes que estão em dia com os pagamentos. Assim, o cliente não precisa pagar nenhuma entrada pelo carro e nem taxas de juros nas mensalidades, como acontece no financiamento.

Ficou interessado em participar de um consórcio para ter um carro? Veja abaixo os passos necessários para fazer esse tipo de compra!

5 passos para fazer consórcio de carro

1. Escolha o carro que deseja comprar

Para quem pretende fazer o consórcio de carro, o primeiro passo é saber qual veículo deseja comprar e quanto ele irá custar. Assim, é possível ter uma ideia de qual será o valor da carta de crédito do consórcio necessário para cobrir o custo com o carro. Além disso, dependendo do orçamento do cliente e do valor do veículo, a carta de crédito também pode ser adquirida para pagar apenas a entrada do carro. Por isso, o interessado precisa analisar os preços e a sua renda para não se atrapalhar e fazer uma grande dívida.

2. Procure as empresas que vendem o consórcio de carro

O consórcio de carro pode ser feito em bancos, seguradoras e em fabricantes dos próprios modelos, como a Fiat, a Honda e a Volkswagen. Se o cliente já tem uma ideia de quanto precisará para comprar o carro, será mais fácil escolher de qual grupo deseja fazer parte. Em alguns casos, os consórcios de carros são separados por modelos de determinadas fabricantes, o que é uma alternativa pra quem já sabe qual carro deseja comprar.

Nessa fase de pesquisa, leve em conta os consórcios pelo valor da carta de crédito e os que são feitos para comprar um determinado modelo de veículo. Assim, é possível ter uma boa base de preços e escolher a mensalidade que caberá melhor no bolso. Veja aqui 15 empresas que oferecem o consórcio de carro!

3. Feche o consórcio do seu veículo

Após analisar todos os preços das empresas de consórcio e escolher a opção que mais agradou, o cliente terá que formalizar um contrato junto a empresa que garanta o pagamento das mensalidades até o final do consórcio. Lembre-se que, mesmo sendo sorteado, é obrigatório que o cliente faça o pagamento das mensalidades até o final do prazo do consórcio.

4. Pague as mensalidades do consórcio em dia

Depois de fechar o contrato com a empresa, o consorciado deverá pagar as mensalidades e evitar atrasá-las. Caso contrário, ele não poderá participar dos sorteios da carta de crédito e nem dar lances durante as assembleias para conseguir o valor necessário de forma mais rápida. Vale lembrar que, mesmo não sendo um financiamento, o consórcio também é uma dívida e pode negativar o nome do responsável.

5. Aguarde a contemplação do consórcio de carro

Até o final do consórcio de carro, todos os membros do grupo serão contemplados. Independentemente da contemplação acontecer em menor tempo, o consorciado deve quitar as mensalidades até o final do prazo, conforme o contrato feito com a administradora do consórcio.

Quando for sorteado ou der um lance e conseguir a carta de crédito, o cliente precisará ir até o banco ou ponto de atendimento da administradora para dar entrada no depósito do dinheiro. Em algumas agências e concessionárias, o consorciado deverá passar por uma análise de crédito para que o dinheiro seja liberado.

Veja também!