Entenda o que é a anuidade do cartão de crédito

Entenda como funciona a anuidade do cartão de crédito, como é realizado o pagamento e saiba como é possível negociar este valores.

Quando o banco libera um cartão de crédito para um cliente, ele pode cobrar uma taxa para o uso do cartão, chamada de anuidade. De acordo com o Banco Central do Brasil, órgão que regula todos os bancos do país, não é proibido cobrar essa taxa e o pagamento pode ser feito à vista ou em parcelas mensais.

Alguns bancos, no entanto, cobram a anuidade a partir do primeiro ano de uso do cartão e não avisam quando começam a descontar o valor da fatura do seu cartão de crédito. Por isso, tome o cuidado de perguntar sobre essa taxa antes de fechar um cartão.

Como descobrir o valor da anuidade do cartão de crédito

Se você não tem um cartão de crédito

A informação do valor está disponível no site dos bancos, geralmente na seção cartões. Lá você encontra todos os modelos daquele banco, as informações de cada cartão e a anuidade. Se ainda ficar com alguma dúvida, ligue na central de atendimento do banco ou pergunte para o seu gerente.

Se você tem um cartão de crédito

Nesse caso, o melhor caminho é ligar na central de atendimento do banco. A informação também está na sua fatura, mas nem sempre a conta informa o valor total da anuidade.

Negocie o valor da anuidade do cartão de crédito

Assim que você descobrir quanto paga pela anuidade, você pode tentar baixar esse valor. Dependendo da negociação é possível até não pagar a anuidade. Mas isso vai depender do quanto você gasta com seu cartão, sua pontualidade no pagamento e do tipo do seu cartão.

Pesquise em bancos concorrentes o preço da anuidade de cartões parecidos com o seu e veja qual a menor tarifa. Em seguida, ligue na administradora do cartão e peça uma cobrança menor. Se você está com as contas em dia e usa bastante o seu cartão, tem mais chance de pagar uma taxa menor.

DICA: o valor da anuidade do cartão de crédito muda todos os anos. Se você conseguiu um desconto, terá que negociar novamente no ano seguinte.




comentários