Vale a pena pagar o INSS e a previdência privada?

  • Google+
  • LinkedIn

Vale a pena pagar o INSS e a previdência privadaPagar o INSS, seja como contribuinte individual ou trabalhador com carteira assinada, é uma forma de garantir uma renda mensal quando você parar de trabalhar. Mas o INSS não costuma ser suficiente – é importante pensar em outras formas de guardar dinheiro, por exemplo, como a previdência privada.

Por que o INSS precisa de reforço



Quando você contribui mensalmente para o INSS, sempre paga uma porcentagem do seu salário (no caso de trabalhador com carteira assinada) ou de um ou mais salários mínimos (para contribuinte individual). Vamos supor que você pagou o INSS por muitos anos e que o seu salário aumentou nesse tempo. Quando você finalmente se aposentar, terá um salário maior do que teve na maior parte da sua vida, mas não receberá esse dinheiro na aposentadoria.

Isso acontece porque na hora de pagar o benefício, o INSS leva em conta uma média de alguns dos maiores salários que você teve durante a contribuição (desde 1994 até quando pediu a aposentadoria) e um número chamado fator previdenciário. Esse fator previdenciário faz a aposentadoria ser menor conforme a idade de quem se aposenta: quanto mais novo você for, menos você receberá.

Então, no cálculo final o seu benefício do INSS nunca será igual ao seu maior salário. Além disso, o INSS tem um limite para pagar os aposentados, que é de R$ 4.159, e poucos recebem esse valor.

Sabendo que sua aposentadoria será baixa, você precisa se preocupar com outras formas de guardar dinheiro para o seu futuro. E aí entra a previdência privada.

O investimento que ajuda a poupar

Ao fazer a previdência privada (ou complementar) você deposita um dinheiro todo mês, durante anos. No contrato, você escolhe se receberá de uma vez ou em parcelas mensais (como a aposentadoria) todo o valor que investir. Dependendo do quanto você depositar e por quanto tempo, maior será o dinheiro no final.



Veja só um exemplo:

Aos 27 anos você começou a pagar a previdência privada, depositando R$ 300 todo mês. Quando você completar 65 anos, terá aproximadamente R$ 500 mil. E vamos supor que você viverá até os 85 anos. Então, receberá estes R$ 500 mil em 20 anos.

Fazendo a conta por mês, chegamos a uma parcela mensal que será de mais de R$ 2 mil. Lembrando que será um valor além do que você receberá na previdência do INSS.



Entenda a previdência privada

Clique aqui e descubra tudo que você precisa saber sobre a previdência privada.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.