Previdência privada ou poupança: qual é melhor?

  • Google+
  • LinkedIn

Entenda as vantagens da previdência privada em relação à poupança e decida qual delas é a opção certa para você

O que comparar entre os planos de previdência privada



Tanto a previdência privada quanto a poupança ajudam a guardar dinheiro para o futuro. Mas a previdência, quando bem escolhida, é mais vantajosa por conta dos benefícios que ela tem a mais em relação à poupança. Por exemplo, a previdência costuma fazer seu dinheiro a render mais, você cria uma disciplina para juntar dinheiro porque não pode sacar com facilidade o que depositou na previdência e, futuramente, receberá em parcelas mensais o valor investido durante anos, sem ficar preocupado em fazer saques.

Veja só este exemplo

Supondo que você deposita R$ 200 todo mês na poupança, mas esse dinheiro não fica parado por muito tempo porque você costuma sacar parte do valor. Então, por mais que você seja disciplinado para colocar o dinheiro lá, ele nunca rende tanto quanto poderia porque a poupança rende menos quando você faz saques. Mas se você depositasse R$ 200 mensalmente na previdência privada, não conseguiria retirar esse dinheiro com frequência e teria que se acostumar a viver com menos dinheiro todo mês.

Então, o principal benefício de entrar em uma previdência privada boa é que você finalmente consegue juntar o dinheiro e deixar que ele fique rendendo. Além disso, com o valor alto na conta, o rendimento fica cada vez maior e você terá uma aposentadoria que complementará sua renda futuramente.

Quer descobrir quanto custa uma previdência privada? Descubra no simulador de previdência da Konkero o dinheiro necessário para começar a pagar agora e ter uma boa aposentadoria futuramente.

Mas como escolher a melhor previdência privada?

Além de comparar os planos das empresas, você precisa analisar qual delas tem três itens muito importantes. Confira:



Taxa de administração barata

A taxa de administração é um valor que o fundo de investimento cobra para guardar o seu dinheiro. O desconto sai de alguns lugares: do que você já investiu, de todo valor que você depositar e, quando você sacar o dinheiro, também será descontado. Quanto maior for a taxa de administração, mais dinheiro será retirado do seu fundo de investimento. Isso significa que uma boa previdência privada é aquela que tem a menor taxa entre os fundos parecidos. E acredite: qualquer diferença vale a pena, mesmo que pareça pequena.

Baixo risco e bom histórico de rentabilidade

Uma previdência privada de baixo risco costuma usar uma taxa de rendimento que não muda muito com o tempo. Por esse motivo, ela garante um crescimento do seu dinheiro, mesmo que esse aumento não seja grande. Mas olhar apenas o risco não resolve. Você precisa descobrir se a previdência teve um bom rendimento nos últimos anos porque isso aumenta as chances de ela manter essa característica por mais tempo.



Pagamento de renda para a vida toda

Assim que você contrata um plano de previdência privada, você decide como quer receber o dinheiro de volta. A grande vantagem é escolher a renda vitalícia, ou seja, receber uma aposentadoria mensalmente até o final da sua vida.

Saiba mais sobre a previdência privada

Decidiu investir nessa compra em vez de guardar dinheiro na poupança? Confira o que você precisa saber sobre a previdência antes de assinar qualquer contrato.





Comentários:

Atualmente recebemos centenas de perguntas todos os dias. Com isso, os comentários não serão respondidos mais pela equipe Konkero. A intenção é que os próprios usuários ajudem uns aos outros. Não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas uma vez que elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc. Importante: quando você faz um comentário, ele fica público nessa página após a aprovação da nossa equipe e também será publicado em sua timeline no Facebook de acordo com suas configurações de privacidade. Nos reservamos o direito de excluir comentários considerados inapropriados, ofensivos ou de divulgação de produtos e serviços.