Rendimento poupança 2019: compare em vários bancos - Konkero

Rendimento poupança 2019: compare em vários bancos

Entenda como é o rendimento da poupança nos diferentes bancos do Brasil e conheça mais esse tipo de investimento.

A poupança é um dos tipos de investimento mais seguros do país. Isso porque ela se enquadra na modalidade de investimento de renda fixa, o que significa que é possível saber quanto será a sua rentabilidade antes mesmo de fazer uma aplicação.

Outro fator que a faz com que a poupança seja segura é o FCG, o Fundo Garantidor de Crédito, que garante ao investidor a restituição de até R$ 250 mil caso a instituição em que ele aplica quebre.

Embora seja o investimento mais popular no Brasil e também um dos mais seguros, sendo indicado para iniciantes e para quem prefere não correr riscos, a poupança tem um dos rendimentos mais baixos do mercado. Veja quanto ela pode render em cada banco e quanto ela já rendeu nos dois últimos anos.

Qual é o rendimento da poupança em cada banco?

Em todos os bancos no Brasil, o rendimento da poupança é o mesmo. Portanto, caso você esteja em dúvida sobre em qual banco aplicar o seu dinheiro, saiba que, seja qual for a sua escolha, o seu rendimento será igual ao que seria caso você optasse por outra instituição financeira.

Em 2019, o rendimento das cadernetas de poupança está em 4,20% ao ano (dados de agosto), correspondente a 70% da taxa Selic + TR (taxa referencial), com a Selic em 6% e a TR zerada. Essa fórmula está de acordo com a nova regra da poupança, explicada mais abaixo.

Os bancos nacionais que você pode aplicar são: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Itaú, Bradesco e Santander. Em todos eles, a taxa de juros incidentes sobre cada valor aplicado na poupança será de 4,20% ao ano. Sendo assim, se você aplicar R$ 500,00 em qualquer um desses bancos, ao final de um ano, o seu saldo na poupança será R$ 521,00.

Qual a nova regra da poupança?

Até 03 de maio de 2012, o rendimento de depósitos em poupança era 0,5% + TR ao mês. Com a nova regra, depósitos a partir de 4 de maio de 2012 podem ter duas fórmulas de rendimento diferentes. Entenda:

  • Quando a taxa de juros – Selic – estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança é 0,5% + TR;
  • Quando a taxa de juros estiver igual ou menor que 8,5%, o rendimento da poupança é 70% da Selic + TR.

Atualmente (agosto de 2019), a taxa de juros Selic está em 6%. Sendo assim, o rendimento da poupança é de acordo com a segunda condição.

Lembre-se: a nova regra considera apenas os depósitos feitos depois de 04/05/2012. Portanto, se você tem uma poupança já há alguns anos, os depósitos anteriores a esta data têm o rendimento de acordo com a antiga regra, e os depósitos feitos depois desta data têm o rendimento de acordo com a nova regra.

Poupança 2018: qual foi o rendimento

Em 2018, o rendimento da poupança foi de 4,55% ao ano. A TR já estava em 0%, e a taxa Selic iniciou em 7,00% ao ano, e fechou em 6,50% ao ano. Aplicando a nova regra, o rendimento anual foi de 4,55%.

Poupança 2017: qual foi o rendimento

Em 2017, a TR variou bastante, fazendo com que o rendimento da poupança acompanhasse a variação a cada mês. Da mesma forma, a taxa Selic teve suas alterações.

Em janeiro, a Selic estava em 13,75% no dia 05, caindo para 10,25% em julho, e 7,00% em dezembro. Já a TR, em janeiro, iniciou em 0,17%, até cair para 0,5% em agosto. Em setembro, a taxa zerou, permanecendo assim até hoje.

Assim, o rendimento da poupança em 2017, no começo do ano, foi de 0,67% ao mês, considerando a regra antiga, uma vez que a taxa Selic estava acima de 8,5% ao ano. Já em dezembro, o rendimento caiu para 0,43% ao mês, considerando a nova regra.

Veja também!