Os melhores investimentos para iniciantes - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Os melhores investimentos para iniciantes

Descubra onde fazer os primeiros investimentos com segurança e saiba mais sobre as aplicações disponíveis. 

Economizar dinheiro é uma forma de aumentar a renda mensal, além de contribuir para a realização de um projeto ou objetivo no futuro. No entanto, também é possível comprar uma casa, um carro ou até fazer uma viagem com a rentabilidade de um investimento. Mesmo que demore um pouco para receber os ganhos do valor investido, é uma alternativa, tendo em vista os juros de empréstimos e financiamentos.

Qualquer pessoa pode ser um investidor, mas é necessário descobrir qual será a melhor opção para aplicar o dinheiro, que deve ser de acordo com o perfil do indivíduo. Existem investidores agressivos, moderados e conservadores. A definição varia conforme a renda, o patrimônio total e o tempo em que o investidor deseja resgatar o dinheiro colocado em determinado fundo.

Para começar a fazer investimentos, o mais indicado é escolher as opções de riscos mais baixos, porque o investidor não ficará exposto a possíveis perdas. Pensando nisso, vamos mostrar abaixo as melhores opções de investimentos para iniciantes que desejam aumentar a renda e conquistar um objetivo pessoal. Confira!

4 opções de investimentos para iniciantes

1. CDB

O Certificado de Depósito Bancário, mais conhecido como CDB, funciona como um empréstimo ao banco. O cliente empresta uma quantia para que a instituição financeira financie as atividades internas e, em troca, ela devolve o valor investido pelo cliente com um acréscimo, de acordo com a taxa de juros vigente na data em que o investimento foi feito.

O CDB é um investimento de renda fixa, por isso, tem como saber a margem de rendimento que ele trará dentro de determinado período. Além disso, investimentos de até R$ 250 mil são cobertos pelo Fundo Garantidor de Crédito, o FGC, portanto, se o banco decretar falência, o investidor terá o valor que investiu de volta.

Tendo em vista a a conta poupança que também possui rendimentos, o CDB é a melhor opção, pois chega a render até duas vezes mais que o dinheiro guardado nesse tipo de conta. Clique aqui e saiba mais sobre o investimento em CDB.

2. Tesouro Direto

Se no CDB o investidor empresta dinheiro ao banco, com o Tesouro Direto, a aplicação será um empréstimo ao Governo Federal. Para pagar os custos de projetos estruturais, programas e outras iniciativas, o Governo capta dinheiro por meio do Tesouro Nacional e devolve o valor investido para quem o concedeu com correção de juros.

O Tesouro Direto permite que o investidor aplique quantias menores e que podem ser resgatadas a curto ou longo prazo. Todavia, quanto maior for o prazo de resgate, melhor será a quantia que o investidor receberá no futuro. Saiba mais sobre o Tesouro Direto aqui.

3. LCI

A LCI é a sigla para Letra de Crédito Imobiliário. Esse tipo de investimento é direcionado para o mercado imobiliário, ou seja, construção de prédios, casas e demais empreendimentos. O investidor que aplica o dinheiro por meio de um título de LCI tem a garantia de recebimento a longo prazo do valor investido, mesmo que a construtora ou o banco quebrem. Isso porque, o investimento é coberto pelo FGC com limite de até R$ 250 mil.

Outros fatores importantes sobre a LCI estão em relação ao prazo de resgate do investimento e como ele é feito. As letras de crédito são mais indicadas pra quem possui planos em um espaço maior de tempo e só podem ser adquiridas por corretoras de investimentos. Clique aqui e tire outras dúvidas sobre a LCI.

4. LCA

Para financiar equipamentos e projetos agrícolas, a Letra de Crédito do Agronegócio, a LCA, é uma forma de reunir o capital necessário e desenvolver as atividades rurais. Os investidores, por sua vez, aplicam o dinheiro e recebem de volta a quantia investida com a correção de juros. Esse tipo de letra de crédito é oferecido por bancos e corretoras de investimentos, que encaminham o capital para que produtores rurais comprem equipamentos e invistam na plantação e comercialização do negócio agrícola. Entenda mais sobre a LCA aqui.

Investimento para iniciantes: entenda a reserva de emergência

É importante que o investidor conheça o grau de risco das aplicações que deseja fazer. Assim, é possível evitar prejuízos e outros problemas que um mal investimento pode trazer. O ideal é que, antes de fazer as aplicações e começar a investir, o indivíduo crie uma reserva com uma boa quantia para cobrir possíveis emergências. Quando começar a fazer investimentos em renda variável, como em ações e outros fundos, ter um saldo de emergência é fundamental, principalmente por conta das oscilações na bolsa de valores.

Veja também!