. Blockchain: o que é e como funciona? - Konkero

Blockchain: o que é e como funciona?

Descubra o que é o Blockchain e como funciona o sistema que promete revolucionar as transações online.

O Blockchain é um sistema que tem por objetivo armazenar informações importantes, como transações e movimentação de ativos, de maneira segura utilizando dados criptografados. Ele funciona como um livro contábil digital, onde todas as informações são registradas em ordem cronológica formando blocos sequenciais e encadeados. Além disso, o Blockchain é um sistema público e todos os registros feitos nele podem ser visualizados por pessoas do mundo todo.

Famoso principalmente por ser o sistema responsável pelas transações do bitcoin, o Blockchain muda o conceito de troca de informações, posse de moedas e gera confiança em quem o utiliza, já que apesar de não ser controlado por algum órgão regulador, tudo o que fica registrado nesse sistema não pode sofrer nenhum tipo de fraude.

A tecnologia do Blockchain é tão segura que está sob a mira de grandes instituições financeiras e do Banco Central do Brasil, que estudam maneiras de aproveitar o sistema para registrar as suas transações financeiras, como já acontece com o bitcoin e outras criptomoedas.

Conheça mais sobre o Blockchain e saiba como funciona esse sistema que parece ser a revolução no processo de troca de moedas e armazenamento seguro de informações. Confira!

O que é o Blockchain?

O Blockchain funciona como um livro contábil que registra todas as transações financeiras de criptomoedas, e pode ser acessado por qualquer pessoa, pois todos esses registros ficam espalhados em diversas bibliotecas virtuais ao redor do mundo.

Com o Blockchain é possível transferir valores no modelo peer-to-peer, ou seja, de pessoa para pessoa sem a necessidade de um intermediador como uma instituição financeira, por exemplo. A segurança desse processo de transferência de valores, por sua vez, se dá pelo fato da tecnologia do Blockchain usar a criptografia digital para proteger os dados.

Seu sistema permite que uma rede de computadores tenha um registro público na internet. Esse registro é irreversível, ou seja, não pode ser alterado sem modificar a cadeia de blocos onde os dados estão inseridos, o que aumenta a segurança de cada transação feita com uma criptomoeda através do Blockchain.

Como funciona o Blockchain?

Através do Blockchain é possível ter acesso a todos os registros de transações, seja com criptomoedas ou qualquer outra transação. No entanto, sem a identificação pessoal de envio e recebimento dos valores. Os únicos dados informados são os endereços das carteiras digitais utilizadas na transação, o valor da operação, bem como a data e a hora em que ela foi realizada. Assim, o Blockchain é considerado um banco de dados seguro, pois todas as informações que nele constam são criptografadas e estão espalhadas em diversos lugares do mundo, através dos computadores que fazem parte da rede.

Quando uma nova transação é solicitada, ela fica disponível em uma área diferente de todos os outros registros de transações anteriores mostradas pelo Blockchain. Nessa área, que é como se fosse uma “sala de espera” dos pedidos de transação, ficam todos os pedidos que estão aguardando ser processados.

O Blockchain é composto por diversas redes de computadores  que registram as transações feitas com moedas digitais, “decifram” os códigos matemáticos presentes em cada bloco e os reúnem em uma cadeia de blocos. Assim, ao solicitar uma transferência de valores, será preciso que os computadores presentes nessa rede confirmem a operação e, a partir disso, esses dados serão inseridos como um novo bloco, junto a todos os outros já registrados, continuando a cadeia.

Veja também!




Precisando de dinheiro?
Solicite empréstimo pessoal online na KeroGrana.