Banco de investimento: entenda o que é e como funciona - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

Banco de investimento: entenda o que é e como funciona

Um banco de investimento oferece exclusivamente aplicações e outras opções pra quem deseja se tornar um investidor. Saiba mais! 

Os bancos são instituições que oferecem diversos serviços para pessoa física e pessoa jurídica, entre eles estão conta bancária, empréstimos, financiamentos, consórcios e seguros. Os investimentos também podem ser feitos no banco, mas existe outra opção mais especializada em captar dinheiro do cliente e direcionar a quantia para fundos e outras aplicações. Trata-se do banco de investimento.

Muitas pessoas confundem bancos de investimento com as corretoras de investimentos, porém, há uma diferença entre essas instituições. Enquanto a corretora oferece uma variedade de investimentos maior, o banco de investimento possui produtos voltados ao perfil do investidor moderado e agressivo, além de administrar recursos e prestar assessoria aos clientes.

Veja abaixo os principais serviços e operações dos bancos de investimentos e descubra se vale a pena fazer aplicações nesse tipo de instituição bancária!

Banco de investimento: como funciona

Nos bancos de investimento, todas as atividades são focadas em aplicações financeiras, por isso, serviços como conta corrente e cartão de crédito não estão disponíveis para contratação nesse tipo de banco. Os financiamentos são oferecidos pra quem tem conta nos bancos de investimentos, mas esse tipo de crédito só é liberado para aumentar a produção e o capital de determinada empresa.

A principal função do banco de investimento é captar dinheiro de investidores e fazer a administração dessa quantia, de forma que esses recursos cheguem até outros clientes que precisem de valores para operar empresas ou fazer outras compras. A partir dessas operações, o banco consegue ter dinheiro para funcionar e o investidor terá rendimentos sobre o valor investido dentro da instituição.

Entre outras atividades do banco de investimento estão a assessoria e administração financeira. Assim, o investidor que é cliente desses bancos consegue ter uma ideia de quais investimentos terão os melhores resultados para o seu perfil, enquanto o banco, por sua vez, administra esses ganhos, indicando formas de aplicar o dinheiro para aumentar os lucros do cliente.

Para donos de empresas, acionistas e demais clientes, os bancos que fazem apenas investimentos oferecem outras operações, como empréstimos, compra de títulos mobiliários, investimentos em ações e debêntures, e a administração e venda de ativos financeiros de fundos. Portanto, as atividades dos bancos de investimentos estão mais focadas em aplicações que terão uma renda variável, que tendem a ter retornos maiores.

Banco de investimento ou corretora de valores: qual a melhor opção?

As corretoras de investimento trabalham com um portfólio maior de serviços para quem deseja investir. Opções de baixo, médio e maior risco estão disponíveis para contratação, assim, investidores que precisam dar os primeiros passos conseguem investir em CDB, LCI, LCA, no Tesouro Direto e fundos de investimento de renda fixa. Essas aplicações possuem baixo risco de perda e são ideais para clientes com perfil mais conservador.

Os bancos de investimentos prestam uma assessoria voltada para empresas e investidores com mais experiência no mercado financeiro. Por isso, a maioria dos investimentos disponíveis envolvem a compra de títulos, ações e movimentações financeiras entre a instituição e outros clientes.

Para investidores que irão começar a fazer aplicações financeiras, nas corretoras de investimentos é possível encontrar opções mais viáveis. Entretanto, alguns bancos de investimentos já trabalham com esses investimentos para investidores iniciantes. Por isso, faça pesquisas em corretoras e bancos desse tipo para localizar a aplicação que terá um retorno melhor, sempre de acordo com o seu perfil de risco e o valor disponível para investir.

Fique atento!

Investimentos em bancos e corretoras são boas oportunidades de aumentar a renda a longo prazo, mas, quando o valor é retirado da aplicação antes da hora, ela não terá o rendimento esperado. Por isso é importante criar uma reserva de emergência. Em caso de imprevistos e outras situações de urgência, esse saldo disponível ajudará nas contas inesperadas e o investidor não precisará movimentar a aplicação que fez na corretora ou no banco!

Veja também!