Aplicativo Tesouro Direto: invista sem sair de casa!

Entenda o que é o aplicativo oficial do Tesouro Direto da BM&F Bovespa e saiba como usar o celular para aplicar e resgatar seu dinheiro investido.

Quando o assunto é  investimento, muitas pessoas ainda não sabem que existem maneiras seguras de aplicar o seu dinheiro e ter um bom retorno ao final do prazo e preferem utilizar a poupança ao invés de correr riscos.

Ao contrário de investimentos como o CDB, fundos de investimento ou ainda a compra de ações, existem maneiras seguras e com maior rentabilidade, tais como o Tesouro Direto, de se investir. Através dele, o investidor compra um título público onde o risco de perder o dinheiro aplicado é mínimo, pois o valor do resgate após o término do prazo é pago pelo Governo Federal.

Saiba o que são as aplicações no Tesouro Direto e entenda como você pode investir pelo App Tesouro Direto da BM&F Bovespa!

O que é o Tesouro Direto

Criado em 2002 pela Secretaria do Tesouro Nacional, o Tesouro Direto é um programa que foi desenvolvido para facilitar a compra de títulos públicos por pessoas físicas. A compra desses títulos permite que pessoas comuns invistam seu dinheiro com garantia de retorno do valor aplicado com juros, pagos pelo Governo Federal.

A venda de títulos públicos, que acontece por meio da internet, é uma forma de empréstimo de pessoas físicas para o governo brasileiro. Esse empréstimo permite ao governo a arrecadação de recursos para quitar dívidas públicas ou para o investimento em áreas como saúde, educação e infraestrutura para a população, garantindo ao comprador do título o retorno do valor aplicado no Tesouro Direto com acréscimo de juros.

Além disso, o Tesouro Direito é considerado um investimento em renda fixa, o que permite ao investidor saber o valor estimado para resgate no final da aplicação, diferente das aplicações com renda variável – como as ações, por exemplo. Assim, fica mais fácil para o investidor escolher qual o título mais apropriado de acordo com seus objetivos quanto ao dinheiro a ser resgatado no final da aplicação.

Quem pode investir no Tesouro Direto

O Tesouro Direto é destinado à pessoas físicas. Assim, para investir no programa, as condições básicas são: ter no mínimo 18 anos, possuir CPF ativo e regularizado e conta corrente ou poupança em qualquer instituição financeira.

Como funciona o aplicativo do Tesouro Direto da BM&F Bovespa

Para quem já é investidor do Tesouro Direito, basta baixar o aplicativo e fazer o login. Agora, para quem nunca fez uma aplicação de valores no programa, será necessário fazer um cadastro para continuar o acesso através do app.

Com o acesso confirmado, o usuário visualizará já na primeira página os títulos disponíveis para investimentos e conta com um menu prático no canto superior da tela com as seguintes seções: início, investir e resgatar, consultar, ajuda e dados cadastrais.

Abaixo mostramos as vantagens e desvantagens do app do Tesouro Direto, lançado recentemente.

Vantagens do aplicativo Tesouro Direto da BM&F Bovespa

Ser responsável e poder administrar seus próprios investimentos sem a necessidade de contato com alguma corretora de valores, como Easynvest, Clear, XP ou Rico, é interessante. Através da plataforma, os investidores poderão realizar operações como investimentos e agendamentos de aplicações, resgates e consultas de extrato. Além disso, é possível cadastrar o seu número de celular para receber informações sobre as operações, extrato e cobrança de taxas por meio de SMS.

Mas, talvez a maior vantagem de utilizar o aplicativo do Tesouro Direto seja a ampliação do horário de investimento, que antes só poderia ser feito através do site, entre as 18h e 5h. Agora, com o app, é possível aplicar o seu dinheiro em qualquer horário entre às 9h30 e às 5h, durante os dias úteis. Já nos sábados, domingos e feriados a aplicação e resgate dos valores investidos podem ser feitas durante todo o dia, em qualquer horário.

Desvantagens do aplicativo Tesouro Direto da BM&F Bovespa

O ponto negativo do app Tesouro Direto, disponível no momento apenas para smartphones com sistema operacional Android, é que a estruturação do app é idêntica à estrutura utilizada no site, o que dificulta a sua usabilidade na versão mobile, mesmo em celulares com telas maiores.

A ideia de criar um aplicativo exclusivo para o investimento e resgate dos valores aplicados em títulos públicos como o Tesouro Direto é interessante, porém, a funcionalidade do serviço deixa a desejar.

Como fazer o cadastro no aplicativo Tesouro Direto BM&F Bovespa

Primeiro, para acessar o aplicativo do Tesouro Direto é necessário baixá-lo na loja de aplicativos do seu celular. Como o serviço está disponível atualmente apenas para o sistema operacional Android, o usuário deverá acessar o Google Play e ter a plataforma a partir da versão 4.1.

Para o sistema operacional iOS, o Tesouro Direto pretende disponibilizar o aplicativo em breve.

Quanto custa para ter um título no Tesouro Direto

A compra dos títulos públicos do Tesouro Direto custa partir de R$ 30. Porém, o valor mínimo necessário para a aplicação do seu dinheiro poderá ser diferente de acordo com o título escolhido e o prazo para investimento.



Para consultar quais os títulos que o Tesouro Direto vende e prazos para resgate do dinheiro você pode acessar o próprio site do programa clicando aqui.

Agora, para utilizar o aplicativo do Tesouro Direto, o investidor não precisará colocar a mão no bolso. A plataforma é gratuita, porém, no momento está disponível apenas para o sistema Android.

Veja também!




comentários