As diferenças entre a conta salário e a conta corrente - Konkero

As diferenças entre a conta salário e a conta corrente

A conta salário é aberta por meio de um pedido da empresa. Já a conta corrente pode ser feita diretamente com o banco. Conheça outras regras! 

Se você trabalha registrado em uma empresa privada ou pública, saiba que é seu direito ter uma conta salário para receber os pagamentos mensais, de 13° salário e outros benefícios. Mas as transações são limitadas, ou seja, a conta salário não tem os mesmos serviços que uma conta corrente.

Em contrapartida, a conta corrente permite fazer transações e movimentações com o dinheiro disponível no saldo. Você também consegue receber o salário normalmente nesse tipo de conta, mas deverá pagar por um plano básico. Já na conta salário, a empresa arca com os custos de manutenção da conta.

Confira agora outras diferenças entre estas duas contas e saiba quando usar cada uma delas:

Entenda a conta salário

Essa conta deve ser aberta pela empresa, mas em nome do funcionário, e libera até cinco saques, duas consultas de saldo e duas consultas de extrato por mês. Todos esses serviços são gratuitos e integram o pacote da conta salário.

Saiba que você tem a liberdade de transferir gratuitamente o dinheiro que recebeu para uma conta em outro banco, mas não consegue receber nenhum depósito que não seja feito pela empresa que paga seu salário. Além disso, você não tem cartão de crédito, talão de cheques ou cheque especial veiculados a conta salário.

Quer saber mais detalhes? Clique aqui e tire oito dúvidas sobre a conta salário.

Conheça a conta corrente

Se você precisa de um cartão de crédito ou quer a liberdade de fazer e receber pagamentos para qualquer um, não fique somente com a conta salário: abra uma conta corrente. Você pode ir a qualquer banco, mas terá que pagar um pacote mínimo de serviços por mês e vai passar por uma análise de crédito e do CPF.

A conta corrente faz todas as transações bancárias, como saques, transferências, DOC e TED, e libera cartão de crédito e talão de cheques. Ter uma conta corrente também é importante na hora de pedir empréstimo ou financiar um bem, porque comprova seu histórico de pagamentos.

Veja também!