. Conta Jurídica Caixa: como fazer - Konkero

Conta Jurídica Caixa: como fazer

Você precisa organizar as finanças da sua empresa? Conheça a conta corrente para pessoa jurídica da Caixa Econômica Federal – CEF. 

Gerenciar uma empresa exige muita atenção para diversos setores do seu negócio. O departamento de finanças é um dos mais importantes. É nele que transitam todos os pagamentos e transferências para os colaboradores e o capital de giro para o funcionamento da empresa.

Os bancos oferecem diversos serviços destinados às empresas com o objetivo de ajudar o setor financeiro como um todo. Um dos produtos mais oferecidos para pessoas jurídicas é a conta corrente PJ. Geralmente elas possuem limites de transações maiores e mais serviços disponíveis para a sua empresa do que nas contas para pessoa física.

Confira a seguir os benefícios e como abrir uma conta corrente PJ na Caixa Econômica Federal – CEF.

Conta corrente Pessoa Jurídica Caixa

Assim como é oferecido em outros bancos, a Caixa possui cinco modalidades diferentes de conta corrente PJ: Executiva, Clássica, Super, Master e Premium. O valor da mensalidade delas pode variar entre R$ 49,00 e R$ 459,00. Todas elas permitem fazer transferências, saques e conferir transações no internet banking ou aplicativo Caixa.

A Caixa Econômica também disponibiliza empréstimos, financiamentos, convênios de arrecadação e cobrança e aplicações financeiras para os clientes com conta corrente PJ. O microcrédito e antecipação de receita podem ser adquiridos, por exemplo, para aumentar o capital de giro do seu negócio.

Como abrir uma conta jurídica na Caixa

Os empresários e microempreendedores interessados em abrir uma conta para pessoa jurídica na Caixa Econômica Federal – CEF devem ir até uma agência do banco e apresentar os seguintes documentos para abrir a conta corrente PJ:

  • Documento da constituição da empresa e suas alterações posteriores (Contrato Social, Estatuto ou Requerimento de Empresário);
  •  Comprovante de inscrição no CNPJ (Cartão CNPJ);
  •  Comprovante de endereço da empresa (Se houver divergência entre o endereço do documento de constituição e o Comprovante de Inscrição no CNPJ);
  •  Comprovante de faturamento dos últimos 12 meses, no caso das empresas com fins lucrativos (Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física do último exercício fiscal, ECF, DASN, DEFIS, Extrato do Simples Nacional ou Declaração de Faturamento emitida pelo contador responsável pela empresa);
  •  Documentos de identificação dos sócios ou representantes legais (RG e CPF, Passaporte ou CNH);
  •  Comprovante de endereço dos sócios ou representantes legais
    (O Comprovante deve ter sido postado via correio e ter data de vencimento ou emissão, no máximo, há 60 dias).

Atenção: Os documentos obrigatórios para abertura da conta corrente PJ deverão ser apresentados em cópias e originais.

Seja um Microempreendedor Individual

Tem o seu próprio negócio e deseja regularizar a situação? Saiba que existe um jeito simples de registrar a sua empresa e legalizar o serviço: se tornando um Microempreendedor Individual (MEI). Nessa formalização, você não paga impostos federais, e sim uma taxa única por mês que dá direito aos benefícios do INSS, como auxílio maternidade, auxílio doença e aposentadoria. Confira como abrir uma empresa como Microempreendedor Individual.

Veja também!




Precisando de dinheiro?
Solicite empréstimo pessoal online na KeroGrana.