Conta corrente ou conta poupança: compare e escolha a melhor para você

Entenda como funciona a conta corrente e a conta poupança e escolha qual delas é a melhor para você. Confira!

Conta poupança ou conta corrente qual é melhor

Quem quer abrir uma conta no banco pode seguir por dois caminhos: ter uma conta corrente ou depositar o dinheiro em uma conta poupança – que você abre mesmo sem ter conta alguma no banco. Está na dúvida sobre qual das opções escolher? Pois nós listamos as diferenças entre essas contas para facilitar a sua decisão. Confira:

As vantagens da conta corrente

1. Você tem direito a um cartão de débito para saques e pagamentos;
2. Também pode ter um cartão de crédito para fazer compras parceladas;
3. Se precisar, dá para solicitar um talão de cheques;
4. É possível fazer transferências (DOC e TED) no caixa eletrônico, pela internet e nas agências;
5. Algumas contas têm um limite de crédito, chamado de cheque especial, que pode ajudar em uma emergência de dinheiro;
6. Facilita na hora de conseguir um empréstimo ou financiamento pelo banco.

Fique atento!

Para movimentar a conta corrente, você terá que comprar um pacote mínimo de serviços bancários. Ou seja, existe um gasto todos os meses. E, se estiver com o nome sujo, a instituição financeira nega a abertura da sua conta.

Os motivos para ter uma conta poupança

1. Pode ser aberta mesmo por quem está com o nome sujo;
2. Não tem descontos de Imposto de Renda ou IOF;
3. Você deposita qualquer quantia em dinheiro e retirar a hora que precisar;
4. Você pode ter um cartão de débito para fazer saques e pagamentos;
5. Todo mês a conta rende um pouco (em torno de 0,5% do valor que você depositou mais a taxa referencial). Então, se você quer guardar dinheiro, é melhor deixá-lo na poupança.

Fique atento!

O banco pode exigir que você deposite um valor inicial para abrir a sua conta poupança. E você não poderá usar cheques ou cartão de crédito para movimentá-la.

Qual das contas abrir?

Depende do seu perfil. Se você pretende fazer muitas movimentações, como depósitos ou transferências, abra uma conta corrente. O importante é pensar quais serviços você vai utilizar e contratar um pacote que atenda as suas necessidades.

Agora, se você quer apenas guardar o dinheiro no banco ou não vai movimentar sua conta muitas vezes, abra uma poupança. Apesar de render pouco, ela ainda dá um retorno financeiro melhor do que deixar o dinheiro parado na conta corrente. E você não vai pagar tarifas por isso.

Veja também!




comentários