8 dicas para acessar o site do banco com segurança - Konkero

8 dicas para acessar o site do banco com segurança

Confira o que você pode fazer para diminuir os riscos de algum vírus conseguir os dados da sua conta. 

Acessar os serviços do banco pelo computador ou pelo celular facilita muito a sua vida, mas essa comodidade traz uma questão importante: é seguro usar o banco pela internet? A resposta depende de como você usa a internet.

Essa questão é um dos fatores que contribui para que algumas pessoas ainda recorram às agências bancárias para fazer o pagamento de contas, emissão de extratos e depósitos bancários direto no banco. Isso porque, apesar da comodidade, para alguns clientes essas plataformas podem facilitar o acesso de terceiros aos dados bancários.

Contudo, não é preciso ter medo na hora de acessar os dados bancários pelo internet banking ou aplicativo, porém são necessários alguns cuidados para não expor a sua conta bancária. Para saber quais as precauções você deve adotar, a Konkero separou 8 dicas que diminuem os riscos de alguém roubar seus dados e seu dinheiro. Confira!

8 dicas de segurança

1. Mantenha o antivírus do seu computador e celular sempre atualizados

Como os programadores dos antivírus sempre acompanham as novas ameaças, eles atualizam o software para que você não caia em nenhum ataque. Portanto, não atualizar o que você instalou aumenta os riscos. Ainda não tem antivírus? Clique aqui para conhecer cinco opções gratuitas.

Se caso estiver acessando o banco por um aplicativo de celular, procure atualizar o antivírus do aparelho e o programa do banco sempre que houver uma nova versão. Isso ajuda na hora de bloquear ações de hackers mal intencionados.

2. Evite acessar o banco em lan houses ou em computadores compartilhados

Afinal, você não sabe quem usou estes equipamentos antes de você. O usuário anterior pode ser um hacker ou alguém descuidado que deixou algum vírus acessar o computador. Também não é recomendado usar redes de Wi-Fi abertas, como o de aeroportos e restaurantes, pois eles podem coletar os dados que você digita.

3. Repare se o endereço da página muda para https:// quando você vai digitar a sua conta

Isso significa que as suas informações estão protegidas. Às vezes também aparece um cadeado ao lado do link que foi digitado e ele é um certificado de segurança.

4. Quando digitar os dados no site, confira se seu nome aparece corretamente

Não prossiga se aparecer alguma informação diferente. Nesse caso, o ideal é que você ligue para a central de atendimento do banco onde ocorreu o problema, pois eles lhe indicarão a melhor forma de agir.

5. Não peça ajuda de estranhos

Se tiver alguma dificuldade, nunca dê sua senha nem peça orientações para quem você não conhece. O melhor a fazer é ligar diretamente na central de atendimento do banco.

6. Depois de efetuar as transações, clique em ‘sair’ ou ‘encerrar a sessão’

Antes de fechar a tela do navegador, confirme se você saiu do internet banking ou do aplicativo. Em alguns casos, o navegador grava a sua senha e, se isso acontecer, quem ligar o computador terá acesso à conta.

7. Desconfie de e-mails de cobrança ou de problemas enviados em nome do seu banco

Eles podem ser vírus, pois os bancos não costumam mandar e-mails para os usuários, a menos que o cliente faça uma solicitação. Portanto, se você receber esse tipo de contato e ficar inseguro, ligue na agência e confirme se existe algo errado.

8. Não acesse o Internet Banking por propagandas de outros sites

Isso porque o anúncio pode levar a uma página falsa que roubará os seus dados. Também não acesse o site do banco por meio de mensagens de texto que receber.

Veja também!