5 desvantagens do título de capitalização - Konkero
ATENÇÃO! Nunca solicitamos depósito ou pagamento para liberação de empréstimo. Isso é ilegal.

5 desvantagens do título de capitalização

Muitas pessoas recorrem à capitalização para investir e concorrer a prêmios, mas nem sempre vale a pena pagar um desses títulos. Entenda!

O título de capitalização é comercializado por bancos e instituições de crédito com objetivo de fazer que clientes guardem dinheiro e concorram a prêmios durante o mês. O responsável pelo título paga a mensalidade pela capitalização durante alguns meses e depois de um período de carência, consegue resgatar o valor que pagou durante os meses.

No entanto, o título de capitalização não é uma das melhores opções para quem quer guardar dinheiro. Uma poupança ou uma conta com rendimentos em CDI podem ser um caminho melhor para fazer com que o dinheiro renda mais. Além disso, a capitalização traz outras desvantagens para quem possui o título. Confira!

Título de capitalização: 5 pontos negativos

1. Pouco rendimento do dinheiro investido

O título de capitalização recolhe o dinheiro do cliente e no final de um período, ele pode pegar tudo que pagou de volta com um acréscimo pelos pagamentos. No entanto, esse valor não é alto e rende menos que outros tipos de investimento, como a poupança, e muitas vezes pode não render nada.

2. Tempo do título de capitalização

Os títulos de capitalização podem ser contratados para serem pagos em meses ou anos, dependendo do valor que foi investido e das opções disponíveis no banco. Nesse período, não é possível pegar o dinheiro que já foi pago, porque ele só estará disponível depois do último pagamento da capitalização.

3. Resgate do dinheiro

Para conseguir pegar todo o dinheiro investido no título de capitalização, o titular pelos pagamentos deve esperar até o fim das mensalidades. Diferente do que acontece nas contas bancárias, onde o cliente pode depositar e fazer saques quando quiser, a capitalização só libera o valor total do dinheiro após o final do recolhimento do título.

Se por ventura o participante da capitalização quiser retirar a quantia que já pagou antes do final do título, a empresa descontará um valor de multa do resgate pela saída antecipada do cliente.

4. Atrasos nos pagamentos do título não permitem resgatar o dinheiro

Dependendo do número de parcelas que estejam atrasadas do título de capitalização, o responsável pelos pagamentos não poderá resgatar os valores que já foram pagos. Portanto, tenha em mente que se contratar um desses títulos será necessário pagar as mensalidades em dia para receber todo o valor que investiu.

5. Sorteios são mais difíceis

Além de guardar dinheiro, o título de capitalização permite que o participante em dia com as mensalidades concorra a prêmios em dinheiro. Por isso, essa forma de investimento é muito comum também em lotéricas. O número de participantes da capitalização costuma ser grande, por isso, a premiação com valores em dinheiro é mais difícil de acontecer.

Título de capitalização: conheça as opções

No mercado existem diferentes tipos de títulos de capitalização que podem comprados para concorrer a prêmios ou investir dinheiro todos os meses. São eles:

Título de capitalização de Pagamento Mensal (PM)

Na capitalização com pagamento mensal (PM), o cliente deve pagar todos os meses pelo título até o prazo final do investimento. Nesse caso, o ideal é não atrasar as parcelas e sempre guardar o dinheiro da mensalidade para conseguir resgatar o que investiu no fim do título de capitalização.

Título de capitalização de Pagamento Único (PU)

Nesse caso, o pagamento pelo título de capitalização deve ser feito de uma única vez. Dessa forma, o participante pode concorrer aos prêmios em dinheiro da administradora do título até o final do contrato.

Título de capitalização de Pagamento Periódico (PP)

Conforme registrado no contrato da capitalização, o cliente deve fazer o pagamento dentro do período estipulado para concorrer aos prêmios do sorteio e conseguir receber o dinheiro investido após o término do contrato.

Veja também!